sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

A 86ª Corrida Internacional de São Silvestre teve como vencedor um brasileiro


Foto: Fernando Borges/Terra


                                             

Fotos: Paulo Pinto/AE


Foto: Fernando Borges/Especial para Terra 

SÃO PAULO - Marilson Gomes dos Santos fez a festa da torcida brasileira no último dia do ano. Com uma atuação segura e consistente, ele venceu nesta sexta-feira a 86.ª Corrida Internacional de São Silvestre, para a alegria do público que lotou as ruas de São Paulo para acompanhar a prova. E passou a ter três títulos na história da competição, repetindo os feitos de 2003 e 2005.

Maior fundista brasileiro na atualidade, Marilson não disputava a São Silvestre há quatro anos. Dessa vez, porém, resolveu encarar o desafio e virou a principal aposta para acabar com o domínio africano - os quenianos venceram as três edições anteriores da prova. Assim, ele acabou se tornando o maior campeão do Brasil desde que a corrida passou a ser internacional, em 1945.

Dono de dois títulos da tradicional e famosa Maratona de Nova York (em 2006 e 2008), Marilson confirmou seu favoritismo ao imprimir um ritmo forte durante o percurso de 15 quilômetros da prova. Esteve sempre entre os primeiros colocados e começou a abrir vantagem na liderança depois da metade do trajeto, sem ter a sua vitória ameaçada por nenhum dos adversários.

"Consegui vencer outra vez", comemorou Marilson, que dedicou a vitória na São Silvestre ao seu primeiro filho, que está previsto para nascer agora em fevereiro. "O Miguel já está chegando dando sorte", disse o atleta, bastante cansado após completar o percurso com o tempo de 44min07 - o recorde ainda é do queniano Paul Tergat, que fez 43min12 na edição de 1995.

Comprovando sua superioridade, Marilson conseguiu grande vantagem sobre o segundo colocado na prova, o queniano Barnabas Kiplagat Kosgei, que marcou 44min49. Dono do título nas duas edições anteriores, o também queniano James Kwambai ficou em terceiro lugar. O brasileiro Giovani dos Santos terminou na quarta posição, enquanto o queniano Emmanuel Bett completou o pódio.

Os cinco primeiros colocados da São Silvestre 2010:

1.º - Marilson Gomes dos Santos (Brasil), 44min07s
2.º - Barnabas Kosgei (Quênia), 44min49s
3.º - James Kipsang (Quênia), 45min15s
4.º - Giovani dos Santos (Brasil), 45min34s
5.º - Emmanuel Bett (Quênia), 45min41s
 
Por outro lado, a queniana Alice Timbilili confirmou o favoritismo e venceu a disputa feminina da 86.ª Corrida Internacional de São Silvestre, nesta sexta-feira, em São Paulo. Com isso, ela conquistou o título da prova pela segunda vez na história, repetindo o feito de 2007.

A vitória de Timbilili aumentou o domínio africano na prova feminina da São Silvestre, que já dura desde o título dela própria em 2007. E a bicampeã ainda bateu o recorde da competição, ao completar o percurso de 15 quilômetros em 50min19s42 - a antiga marca pertencia à também queniana Hellen Kimayio, vencedora em 1993 com 50min26.

A melhor brasileira na São Silvestre de 2010 foi Simone Alves da Silva, que terminou em segundo lugar e foi a única a ameaçar a liderança de Timbilili durante o percurso. Enquanto isso, a também queniana Eunice Kirwa conseguiu a terceira colocação.

As cinco primeiras colocadas da São Silvestre 2010:
1.º - Alice J. Timbilili (Quênia), 50min19s42
2.º - Simone Alves da Silva (Brasil), 50min25s
3.º - Eunice J. Kirwa (Quênia), 51min42s
4.º - Cruz Nonata da Silva (Brasil), 51min51s
5.º - Diana Judith Landi Andrade (Equador), 52min35s

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Atletas do Tocantins viajaram para participar na São Silvestre

Um total de 26 atletas viajaram ontem dia 27/12/2010, às 14:00 hs para participar na 86ª Corrida Internacional de São Silvestre, a realizar-se em 31/12/2010 em São Paulo-SP.

O retorno da delegação está previsto para o dia 31 logo após a prova. As expectativas dos atletas que já participaram em outras edições é superar seus próprios resultados e para aqueles que participam pela primeira vez é ganhar experiência e conhecer o percurso para outras possíveis participações.


O desafio dos brasileiros será vencer os estrangeiros, pois desde 2007 nenhum brasileiro venceu a prova. Os últimos a vencer foram os mineiros Franck Caldeira e Lucélia Peres em 2006.


Marilson dos Santos
Foto: Wagner Carmo (CBAt)

Um dos grandes favoritos pelo Brasil é o brasiliense Marilson Gomes dos Santos São Paulo, que já foi vencedor das edições de 2003 e 2005 e tentará o tricampeonato da tradicional Corrida Internacional de São Silvestre, nesta sexta-feira, último dia do ano, por ruas e avenidas de São Paulo.


O atleta têm no seu currículo o bicampeonato da Maratona da Nova York, o atleta brasileiro será uma das atrações da tradicional corrida paulista, última etapa do Ranking Caixa/CBAt de Corredores de Rua de 2010. Detém os recordes sul-americanos de pista dos 5.000 (13:19.43) e dos 10.000 m (27:28.12) e de rua dos 10 km (27:48), 15 km (42:15), 20 km (56:32) e meia maratona (59:33). No ranking de 2010, o corredor lidera as provas de pista dos 5.000 (13:34.92) e dos 10.000 m (28:44.59), além das corridas de rua de 10 km (28:17), 10 milhas ou 16.090 m (47:45) e maratona (2:08:46).


Em entrevista recente ele disse: "Vou atrás do terceiro título. Estou bem preparado e tenho realizado bons treinos. Espero que ninguém esteja mais bem preparado", disse o corredor, consciente dos fortes concorrentes. "Estou acostumado com esta pressão. Além dos meus adversários, terei que enfrentar a baixa umidade e o forte calor, característico desta época do ano em São Paulo."


Outro brasileiro com chances é Damião Ancelmo de Souza que neste ano foi campeão da Copa Brasil de Cross Country, da 10K Brasil (2010), da Meia Maratona das Cataratas do Iguaçu (2010), quinto na 10K Rio e terceiro na Volta da Pampulha. Das 18 provas que disputou, venceu 11 e fez pódios em todas. "O segredo para ir bem é a superação. Os quenianos são fortes e sempre temos que dar o nosso melhor", disse o alagoano que disputará a prova pela terceira vez - sua melhor participação foi o 11º lugar em 2008. "Espero melhorar este resultado.

Fonte: Confederação Brasileira de Atletismo – CBAt.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Federação Tocantinense de Canoagem faz balanço do trabalho de 2009/2010



Desde 1998

FEDERAÇÃO TOCANTINENSE DE CANOAGEM

3 0 3 N O R T E , AL AM E D A 2 2 , L O T E 1 9 / 2 0 – C e n t r o.
P a lma s – TO.
 C E P : 7 7 . 0 0 1 - 2 4 8
( 6 3 ) 8 4 3 7 - 7 8 7 9 / 8 1 1 1 - 8 6 5 0
c a n o a g emt o c a n t i n s@h o tma i l . c om
 
FEDERAÇÃO TOCANTINENSE DE CANOAGEM RELATORIO 2009/2010
 






No ano de 2007, a Federação Tocantinense de Canoagem – FETOCAN deu início ao Projeto Remando no Lago visando a inserção de atletas de alto rendimento na Cidade de Palmas através de recursos oriundos da Lei de Incentivo Fiscal ao Esporte – LIE.

Após aprovação pelo Ministério do Esporte no ano de 2009, a Empresa INVESTCO demonstrou interesse em patrocinar o Projeto, o que possibilitou o início das atividades com a capacitação do pessoal, elaboração de uma ferramenta on line de controle e gestão, aquisição de equipamentos, uniformes e definição das parcerias com as escolas e entidades.

Após a difícil aquisição de embarcações pela falta de produto no mercado nacional, o que gerou um atraso significativo no início das atividades, em maio de 2010 foram realizadas as avaliações físicas dos alunos pelos Mestres em Educação Física Armando Cabrera Abreus e Alfredo Sosa Zamora, cubanos cedidos pela Secretaria de Esporte do Estado. Após análise dos resultados da avaliação, a lista dos alunos aprovados foi repassada para as Escolas parceiras para o início das atividades.

No final de julho de 2010, com a contratação de um Técnico de Alto Rendimento, que já dirigiu a Seleção Argentina, a equipe de canoagem começou os treinos específicos para Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona, que aconteceu em Palmas, no dia 08 de agosto. O objetivo principal desses treinos foi formar atletas e uma equipe principal para poder representar o Estado em âmbito Nacional e iniciar a preparação de uma Equipe com talentos regionais para os Jogos Olímpicos de 2016.

                
     Foto 1: Comemoração da colocação geral da equipe tocantinense no Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona

Apesar do prazo curto, com poucos equipamentos e com estrutura muito pequena, a Equipe Local destacou-se com várias medalhas neste Campeonato, entre qual o atleta Rogério Queiroz ficou com medalha de prata na categoria sênior (principal) e com classificação para o Campeonato Mundial de Maratona que aconteceu na Espanha, no mês de setembro.
 
A preparação foi feita especificamente para este Mundial e pela primeira vez um canoísta tocantinense representou o Brasil em uma competição internacional. Destacaram-se também outros jovens atletas nas categorias cadete e menor, como por exemplo, Ayrton Rodrigues, Thíndaro Dias e Matheus Henrique Carvalho, os quais conseguiram, respectivamente, medalhas de prata e ouro, somando pontos importantes para a equipe Tocantinense que ficou em segundo lugar no ranking nacional entre entidades esportivas.
                                   
Gráfico 1: Comparativo do Campeonato Brasileiro de Canoagem Maratona dos anos de 2009 e 2010.

O próximo objetivo foi o Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade em São Paulo, entre os dias 25 e 28 de novembro. Com três meses de preparação a FETOCAN adquiriu equipamentos e formou uma equipe que iria representar o Estado na raia oficial da USP, na Cidade de São Paulo.

O treino embasado na melhoria da qualidade técnica e tática de atletas foi acompanhado em todos os treinos pelo técnico com lancha, sendo o diferencial na qualidade do desempenho geral. Principalmente os novatos William Lopes e Matheus Lima que começaram praticar canoagem pela primeira vez há quatro meses antes do Campeonato, e já não só formaram parte da Equipe Principal como também conseguiram suas primeiras medalhas entre as 11 conquistadas. O maior resultado adquirido foi a convocação de atletas tocantinense para eventos internacionais e seleção nacional colocando assim o Tocantins no cenário da canoagem brasileira.


                                 

Foto 2: Premiação na modalidade k4 cadete – Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade – USP São Paulo.


                                 


Foto 3: Premiação do atleta Ayrton pelo técnico Román.

                                           

Foto 4: Atletas Rogério Queiroz e Flávio Silva se preparando para prova no Campeonato Mundial de Canoagem Maratona na Espanha.

 
                                  
 
Gráfico 2: Comparativo do Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade entre os anos de 2009 e 2010.

                           
Gráfico 3: Comparativo do resultado da Equipe Tocantinense no Campeonato Brasileiro de Canoagem Velocidade 2009 e 2010.

Com maior investimento nas instalações proporcionando uma estrutura adequada para guardar barcos e equipamentos em geral, aquisição de aparelhos específicos de musculação e adaptações para atendimento da canoagem paraolímpica (que fará parte dos jogos olímpicos em 2012), é possível conseguir em 2011 o objetivo de ter maior número de atletas nas competições nacionais e na própria seleção nacional de canoagem representando nosso país no Sul Americano em abril no Rio de Janeiro e nas provas classificatórias para jogos olímpicos em Londres (2012). Hoje a FETOCAN tem somente uma Associação em plena atividade e, em 2011, o incentivo será lançado para que mais filiações sejam efetuadas e assim ampliar a rede da modalidade olímpica no Estado.


                                   
 
Gráfico 4: Estimativa de crescimento para o ano de 2011.

O crescimento depende da estruturação da base e do incentivo oferecido para se colher em um futuro próximo, frutos de excelente qualidade. Com bons resultados o trabalho ganha visibilidade e maior interesse de investidores.



Feliz Natal e um Próspero Ano Novo!


                                    
                    TON EAGLETON R. FERNANDES
           Vice-Presidente da CBCa Presidente da FETOCAN

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Atletas tocantinenses estarão participando na São Silvestre






Um total de 26 atletas estarão representando o Estado do Tocantins na 86ª Corrida Internacional de São Silvestre a realizar-se em 31/12/2010. A lista foi divulgada pela Associação Palmense de Corredores de Rua que todos os anos desde 1995 acompanha a delegação de atletas que representa o estado na tradicional corrida. Os atletas são os seguintes:

- Ailton de Jesus Lopes - Paraíso do Tocantins
- Antonio Aires da Silva -  Palmas
- Antonio Lopes de Sousa - Palmas
- Antonio Saraiva de Araújo - Araguaína
- Athila Cavalcante Costa - Araguaína
- Basílio dos Santos Brito - Palmas
- Benones dos Santos Soares - Palmas
- Cassius Clay do Nascimento - Palmas
- Charles Barbosa de Miranda - Araguaína
- Doriene Oliveira Gomes - Palmas
- Edivaldo Alves dos Reis - Riachinho
- Francisco Teles Costa - Araguaína
- Gilvan Miranda Cardoso - Guarai
- João Alves Ferreira - Palmas
- Jorge Ribeiro de Barros Filho - Aragominas
- Luiz dos Reis - Palmas
- Maria Antonia Gomes Jacob - Filadélfia
- Nivaldo Louzeiro da Silva - Aliança do Tocantins
- Oriovaldo Tegon - Palmas
- Palmira Xavier de Jesus Barbosa - Palmas
- Pedro Henrique Ferreira - Aliança do Tocantins
- Renato Gomes Batista - Palmas
- Sandro de Lima Silva - Palmas
- Valdeny Pereira de Almeida - Palmas
- Valkiria Oliveira Torres - Porto Nacional
- Whashington Rodrigues de Sousa - Guarai

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Federação Goiana de Canoagem em parceria com a Prefeitura Municipal de Palminópolis-GO organiza Descida Ecológica


Acontece nos dias 18 e 19 de dezembro de 2010 a Descida Ecológica Rio Turvo e Lago Municipal. O evento é uma realização da Federação Goiana de Canoagem em parceria com a Prefeitura Municipal de Palminópolis, Estado de Goiás. A cidade localiza-se a 108 km da capital, Goiânia.

A descida tem como lema: Canoagem, conscientização e preservação das nossas águas. O percurso da prova será de 18 km e além das atividades esportivas haverá o plantio de mudas de árvores e solta de alevinos.

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Tocantins presente nas Olimpíadas Escolares 2010


Os atletas da categoria 15-17 anos do Estado do Tocantins marcaram presença na abertura e nas competições das Olimpíadas Escolares 2010 que estão sendo realizadas de 03 a 12 de dezembro de 2010, na cidade de Goiânia-GO.

A abertura oficial do evento foi realizada no Ginásio do Faiçalville, as18h do dia 03 de dezembro. As competições se iniciaram no sábado, dia 4 com a participação dos atletas das modalidades individuais: Atletismo, Xadrez, Taekwondo, Ginástica Rítmica, Judô, Ciclismo e Natação. Os atletas das modalidades coletivas estarão competindo entre os dias 08 e 12/12/2010. Prestigiaram a abertura dos jogos os embaixadores do esporte os atletas olímpicos: Maurren Maggi e Vanderlei Cordeiro (atletismo), Diogo Silva (taekwondo), Daniele Hypólito (ginástica artística), Ligia Silvia (tênis de mesa), Nicole Muller (ginástica rítmica), Adriana Behar (vôlei de praia), Nalbert Bitencourt (vôlei), Lenisio Teixeira (futsal), Bruno Souza (handebol) e João Derly (judô).

Com a inclusão do ciclismo, ginástica rítmica e taekwondo, agora são 12 modalidades em disputa: atletismo, basquete, futsal, handebol, judô, natação, tênis de mesa, vôlei e xadrez, mais as novas modalidades. Participam da disputa 1.199 instituições de ensino, sendo 741 públicas e 458 particulares.

As Olimpíadas Escolares são uma realização do Comitê Olímpico Brasileiro, co-realizadas também pelo Ministério do Esporte e pelas Organizações Globo, com a direção técnica das Confederações Brasileiras e apoio da Prefeitura Municipal de Goiânia e do Governo do Estado de Goiás.