quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Atletas de elite prestigiam etapa de Petrópolis da Meia Maratona Faz Um 21



A equipe Pé de Vento está pronta para a edição de Petrópolis da Meia Maratona Faz Um 21, que será realizada neste domingo, dia 18. Com quatro duplas na disputa, eles esperam levar vantagem por correrem em casa. Entre os atletas da Pé de Vento está Eliézer de Jesus Santos, que correrá ao lado de Gilberto Silvestre Lopes. Treinando diariamente no trajeto da prova, ele está confiante. ”Moro em Petrópolis há três anos e venho treinando bem no local da corrida.

O Gilberto é muito bom e vamos buscar a vitória”, disse Eliézer.  Completam o grupo petropolitano os atletas Flavio Henrique Guimaraes, que terá a companhia de Valério de Souza Fabiano; Flávio Carvalho Stumpf que correrá ao lado de Clodoaldo Azevedo Ferreira da Silva e José Cícero Eloy, parceiro de Gutembergue Ferreira. O pelotão de elite  terá ainda as duplas Ancelmo de Souza, vencedor da última etapa em Paraty, com José Frazão Júnior e Márcia Narloch ao lado de Gisele Barros de Jesus. No dia a organização espera receber trezentas duplas de atletas amadores.

A prova é disputada em duplas com os competidores largando juntos, cada um percorre 10,5km, totalizando 21km. A duração máxima é de duas horas e vencerá a parceria quem tiver o menor somatório de tempo. A largada acontecerá às 8h21 na Praça 14 Bis (Av. Roberto Silveira s/n). Pelo quarto ano consecutivo a Cidade Imperial receberá a série de corridas organizada pela Maxsports e promovida pela Embratel. Os kits da corridas serão entregues no sábado, dia 17 de setembro, na Praça 14 Bis de 10h às 17h. Vencerá a Meia Maratona Faz um 21 a equipe que somar o menor tempo total durante o percurso.

Os integrantes deverão completar 21 quilômetros e sua colocação será o somatório de tempos dos integrantes, cada um percorre 10,5km, largando juntos. A prova terá a duração máxima de duas horas. Os campeões, categoria feminina e masculina, serão premiados com R$ 2.000 (para a primeira equipe), R$ 1.500 (para a segunda melhor) e R$ 500 (para a terceira mais bem colocada). As categorias mistas e melhor idade não têm premiação em dinheiro. 

SOBRE O EVENTO
A Meia Maratona Faz um 21 é um projeto de corridas que está em seu quarto ano e já reuniu mais de quatro mil participantes. A etapa de Petrópolis será a 21ª realizada. O projeto começou em novembro de 2008, com a etapa de Niterói. Em dezembro foi a vez de Petrópolis receber os participantes, que percorreram o charmoso Centro Histórico da cidade. O evento se consolidou e ganhou força a partir de 2009. Cabo Frio deu a largada, em março, e, no mês seguinte, Campos dos Goytacazes foi palco do principal circuito de corridas do interior do estado. Em 2009, a Meia Maratona Faz um 21 passou ainda por Nova Iguaçu, Volta Redonda, Petrópolis, São Gonçalo e Niterói.

O calendário de 2010 foi aberto com a etapa de Nova Iguaçu, passando por São Gonçalo, Petrópolis, Cabo Frio, Volta Redonda e Niterói. Esse ano, a Meia Maratona Faz um 21 já passou por Cabo Frio, Nova Iguaçu, Rio das Ostras e Paraty. Nomes expressivos como Franck Caldeira, Márcia Narloch e Selma Cândido já prestigiaram o evento. A Meia Maratona Faz um 21 agradou o público não só pela estrutura do evento, mas pelo ineditismo do formato – é o único em que os participantes correm em dupla ao mesmo tempo, em vez de fazerem um revezamento.

SOBRE A EMBRATEL
A Embratel é a mais completa operadora de telecomunicações brasileira. Oferece soluções completas de telecomunicações a todo o mercado nacional, incluindo serviços de telefonia local, longa distância nacional e internacional, transmissão de dados, vídeo, Internet e TV por assinatura, além de assegurar o atendimento em qualquer ponto do território brasileiro através de soluções via satélite. A Embratel faz parte da história dos brasileiros há 44 anos e, desde então, tem desempenhado um papel fundamental na modernização do Brasil. Para mais informações, acesse http://www.embratel.com.br/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário