quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Vem aí a 3ª Copa Tocantins de Cross Country de Atletismo


Ascom Sejuves – Secretaria da Juventude e dos Esportes do Tocantins

24 de janeiro de 2012

Visando difundir e desenvolver a prática do atletismo no Tocantins, e servir também para a seleção dos atletas que estarão representando o Estado na Copa Brasil Caixa de Cross Country, que será disputado na cidade de Rio Claro (SP), no dia 12 de fevereiro, vem aí a 3ª Copa Tocantins de Cross Country.

O evento será organizado pela Fato - Federação de Atletismo do Tocantins, em parceria com a Sejuves - Secretaria Estadual de Juventude e Esportes, no dia 29 de janeiro, às 8h, na Associação dos Cabos e Soldados, Chácara Santa Fé, Aureny IV (próximo à TO-050) em Palmas.

Segundo os organizadores, poderão participar da Copa, atletas filiados a entidades de prática do atletismo (clubes), regularmente filiadas a FATO, e em dia com suas obrigações, atletas não – filiados e população em geral. Somente concorrem à vaga para participar da Copa Brasil Caixa de Cross Country - atletas devidamente registrados e inscritos na federação.

Categorias
A Copa terá as seguintes provas, por categorias:
- Adulto masculino - atletas com idade a partir de 18 anos (nascidos a partir de 1994): 12 km;
-Adulto feminino - atletas com idade a partir de 18 anos (nascidas a partir de 1994): 6 km;
- Juvenil masculino - atletas com 16 a 19 anos de idade (nascidos de 1993 a 1996): 6 km;
- Juvenil feminino - atletas com 16 a 19 anos de idade (nascidas de 1993 a 1996): 6 km;
- Menores masculino - atletas com 15 a 17 anos de idade (nascidos em 1995 a 1997): 3 km;
- Menores feminino - atletas com 15 a 17 anos de idade (nascidas em 1995 a 1997): 3 km;
- Mirim masculino - atletas com 10 a 14 anos de idade (nascidos em 2002 a 1998): 1 km;
- Mirim feminino - atletas com 10 a 14 anos de idade (nascidas em 2002 a 1998): 1 km.

Em cada prova, as entidades participantes podem competir com quantos atletas desejarem, devendo, até uma hora antes da largada, confirmar os nomes de até seis atletas que formarão as suas equipes oficiais, sendo três o número mínimo de atletas para composição de uma equipe.

Inscrições
As inscrições para a competição estadual poderão ser realizadas na Associação dos Cabos e Soldados, Chácara Santa Fé, Aureny IV (próximo à TO-050) em Palmas.


Maiores informações: Mauricio – Federação de Atletismo: (63) 9235.5080;
Claudionor - Federação de Atletismo: (63) 9224.0404, ou
Alfredo - Secretaria Estadual de Juventude e Esportes: (63) 3218.1133.

Veja a seguir o Regulamento completo da competição:

REGULAMENTO DA 3ª COPA TOCANTINS DE CROSS COUNTRY


Art. 1º A 3ª COPA TOCANTINS DE CROSS COUNTRY tem a finalidade de difundir e desenvolver a prática desta modalidade do Atletismo no estado e de servir para a seleção de atletas para COPA BRASIL CAIXA DE CROSS COUNTRY e será realizada no dia 29/01/2012, às 08h00 na Associação dos Cabos e Soldados, Chácara Santa Fé, Aureny IV (próximo à TO-050) em Palmas.

Art. 2º A Copa é dirigida FATO e organizada pela mesma em conjunto com a Secretaria Estadual de Juventude e Esportes - SEJUVES.

Art. 3º Podem participar da Copa atletas filiados a entidades de prática do atletismo (clubes), regularmente filiadas a FATO e em dia com suas obrigações ou atletas não - filiados.

Art. 4º Somente concorrem a vaga para participar da COPA BRASIL CAIXA DE CROSS COUNTRY atletas devidamente registrados e inscritos na FATO.

Art. 5º A competição é realizada de conformidade com as Regras da IAAF e Normas da CBAt.

Art. 6º A Copa consta das seguintes provas, por categorias:

- Adulto masculino: 12 km;
- Adulto feminino: 6 km;
- Juvenil masculino: 6 km;
- Juvenil feminino: 6 km;
- Menores masculino: 3 km;
- Menores feminino: 3 km;
- Mirim masculino: 1 km;
- Mirim feminino : 1 km

# 1º - As distâncias constantes deste artigo podem sofrer ajustes em função do circuito em que as provas forem realizadas.

# 2º - As provas são realizadas, obrigatoriamente, em um só dia.

Art. 7º As faixas etárias para as categorias constantes no Art. 6º são as seguintes:

- Mirim : atletas com 10 a 14 anos de idade (nascidos em 2002 a 1998).
- Menores: atletas com 15 a 17 anos de idade (nascidos em 1995 a 1997).
- Juvenis: atletas com 16 a 19 anos de idade (nascidos de 1993 a 1996).
- Adultos: atletas com idade a partir de 18 anos (nascidos a partir de 1994).

# 1º - A idade a ser considerada é a que o atleta terá em 31 de dezembro de 2012.

# 2º - Os atletas da categoria de menores somente podem participar da prova de menores ou da prova de juvenis, não podendo participar de ambas, em função de serem realizadas no mesmo dia.

#3º Poderão participar da etapa estadual atletas e população em geral sem restrições.

#4º As categorias Mirim masculino e feminino serão apenas disputadas na fase estadual, com o objetivo de incentivar as crianças para a prática da modalidade atletismo.

Art. 8º - São condições para que o atleta participe da seleção para a Copa Brasil de Cross Country:

a) ser brasileiro;
b) estar devidamente registrado e inscrito na CBAt pela entidade que está representando na competição;
c) estar dentro do limite de idade estabelecido para a categoria em que for inscrito, sendo tomado o ano de nascimento para determinar a idade;
d) não estar cumprindo penalidade imposta pela CBAt ou por suas filiadas;

Art. 9º - A inscrição das equipes participantes é realizada on-line através do Sistema de Extranet da CBAt, cujas instruções serão encaminhadas em Nota Oficial da Confederação, incluindo o prazo de inscrições.

a) As inscrições para a competição estadual poderão ser realizadas na Associação dos Cabos e Soldados, Chácara Santa Fé, Aureny IV (próximo à TO-050) em Palmas.


Art. 10 - Em cada prova, as entidades participantes podem competir com quantos atletas desejarem, devendo, até 1 (hora) antes da largada, confirmar os nomes de até seis (6) atletas que formarão as suas equipes oficiais, sendo 3 (três) o número mínimo de atletas para composição de uma equipe.

Art. 11 - Por equipe, pontuam em cada prova, três (3) atletas.

Art. 12 - Cada categoria, de conformidade com o Art. 7º deste Regulamento, tem sua própria pontuação. Os resultados por equipes são determinados pela soma das colocações obtidas pelos competidores que pontuarem para cada equipe. A equipe com a menor soma de pontos é considerada vencedora.

Art. 13 - Para efeito da pontuação por equipes é considerada a classificação de todos os atletas que completarem o percurso, não sendo realizado qualquer tipo de ajuste na ordem de chegada.

Art. 14 - Em caso de empate é considerada melhor classificada a equipe cujo último atleta a pontuar esteja mais próximo do primeiro colocado.

Art. 15 - Não há um campeão geral por equipes.

Art. 16 - A arbitragem da competição será realizada por árbitros pertencentes ao Quadro da Federação.

Art. 17 - Por ocasião da Copa é realizado um Congresso que reúne os delegados de todas as equipes participantes inscritas no evento.

§ 1º - O Congresso fica sob a direção do representante da FATO que terá a auxiliá-lo um  secretário, por ele nomeado, e que juntamente com o Diretor da Competição .

§ 2º - Cada entidade pode credenciar até 2 (dois) delegados para participar dos debates, porém somente 1 (um) tem direito a voto.

Art. 18 - Todas as despesas são de responsabilidade das entidades participantes (transporte, hospedagem, alimentação, etc.).

Art. 19 - Os casos omissos são resolvidos pelo Conselho de arbitragem da FATO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário