sábado, 19 de maio de 2012

Frank Caldeira participa do Desafio da Paz no Complexo do Alemão




O evento, organizado pelo AfroReggae, acontece no dia 27 de maio

Frank Caldeira abre espaço na sua agenda de treinamentos na preparação para a Olimpíada de Londres, para prestigiar o Desafio da Paz, evento que, para ele, é um agregador de valores, além de ser totalmente inclusivo. A corrida de 5km, tem percurso que inclui o caminho por onde traficantes fugiram em 2010 e vai mais uma vez unir asfalto e favela. Na categoria profissional estão confirmados, além de Frank, Jadel Gregório, um dos maiores nomes do atletismo do Brasil e Marilson dos Santos, também classificado para Londres. A largada é às 8 horas, no Campo do Ordem, localizado na Vila Cruzeiro e a chegada é no Campo do Sargento, na Grota.

Pela segunda vez no Complexo do Alemão, o maratonista ressalta as peculiaridades do percurso: "Esse tipo de prova pra mim é novidade. Embora a quilometragem não seja difícil de alcançar, essa é uma corrida que exige esforço físico por ter diferentes tipos de obstáculos. Além do fato de ter sido palco de uma tragédia; é como se nós revivêssemos aquele momento de maneira positiva e livre." O atleta, que se prepara para os jogos de Londres, não terá como foco a briga pelo pódio. "Nesse momento, preciso me poupar o máximo que posso para estar bem nas olimpíadas. Quero mais é prestigiar essa iniciativa tão bacana e representar o esporte brasileiro", afirma.

Corredor desde os 15 anos de idade, Frank acredita no papel social do esporte. Participante das três edições do Desafio da Paz - tendo sido o vencedor da primeira -, o maratonista vê no evento uma oportunidade de encontro das realidades. "Acho muito importante essa iniciativa para mostrar que a comunidade não é só violência. São pessoas investindo no que é bom, eliminando o que é ruim. O esporte tem esse poder de transformação e de mudança. Eu não fazia ideia de que era tão conhecido dentro de uma comunidade. Da primeira vez que estive lá todos me receberam muito bem, pediram para tirar fotos e me respeitaram muito como atleta. Muitos atletas podem sair de lá", acredita.

A organização premiará com equidade os atletas que subirem ao pódio. Divididos nas categorias Geral Masculino e Geral Feminino, e Comunidade Masculino e Comunidade Feminino, os campeões vão faturar R$ 7 mil, enquanto os segundos colocados levarão para casa R$ 4 mil e, os terceiros lugares, R$ 2 mil. A premiação total é de R$ 52 mil.

Sobre o evento
O Desafio da Paz já faz parte do calendário esportivo da cidade. O evento teve a sua primeira edição em maio de 2011, no Complexo do Alemão, seis meses após a "retomada" pelas Forças de Paz. Na ocasião ganharam a prova: Franck Caldeira e Ednah Mukhwana (categoria geral) e José Carlos Barreto da Silva e Francilene de Araujo Souza (categoria comunidade). A segunda edição aconteceu em janeiro de 2012, na Rocinha. Sagraram-se campeões Gilmar Silvestre Lopes e Jackeline Juma Sakilu (categoria geral) e Marcio Souza e Alba Valéria (categoria comunidade). A terceira edição, novamente no Complexo do Alemão, marca outro momento importante para a comunidade: a chegada das UPPs ao local.

Mais informações:
RPM Comunicação
www.rpmcom.com.br
Flavia Flores - flavia@rpmcom.com.br
(21) 3478-7404 / 8272-2320
Luna Vale - luna@rpmcom.com.br
(21) 3478-7409/ 8222-0274
Mariana Machado - marianamachado@rpmcom.com.br
(21) 3478-7410 / 8127-6356