segunda-feira, 28 de maio de 2012

Confira a classificação geral da Corrida do Carteiro em Palmas


28/5/2012 - 10:59:44
Pódio formado pelos cinco primeiros colocados - Crédito: Romário de Sousa.







































Classificação geral da Corrida do Carteiro foi:
  
MASCULINO GERAL
1° lugar - DAVID ANDRADE DE MESQUITA (tempo 31’42’’)
2° lugar - ELIESIO MIRANDA DA SILVA
3° lugar - FERNANDO PEREIRA CAVALCANTE
4° lugar - ATHILLA CAVALCANTE TELLES
5 ° lugar - RENATO GOMES BATISTA
FEMININO GERAL
1°lugar - MARIA SANDRA PEREIRA SILVA (tempo 38’07’’)2° lugar - ILZA ANA BARBOSA FERREIRA
3° lugar - DORIENE OLIVEIRA GOMES
4° lugar - MARIA ANTONIA GOMES JACOB
5° lugar - ELAINE CRISTINA PEREIRA DE SOUSA







Eliésio Miranda da Silva é terceiro colocado na prova de 5.000 m dos 21º Jogos Abertos Brasileiros 2012, na cidade de Vitória-ES







O atleta tocantinense Eliésio Miranda da Silva ganhou a medalha de bronze da prova 5.000 m rasos realizada na manhã deste sábado dia 26/05 na pista sintética de Atletismo da Cidade do Conhecimento. A prova foi vencida por um atleta capixaba, o segundo colocado foi um atleta de São Paulo. Na prova participaram 15 atletas, em representação de vários estados e inclusive com atletas do Grupo BM&F), o que enaltece o mérito do atleta tocantinense, pois trata-se de atletas que competem neste tipo de corridas e com uma melhor estrutura para realizar seus treinamentos.

O outro representante do estado do Tocantins, Benones dos Santos Soares, foi apenas 9º colocado. Ele participa hoje a tarde também na prova de 1.500 m.
Com esta atuação de Eliésio o Estado do Tocantins soma os primeiros 6 pontos na tabela de pontuação geral dos jogos.
Eliésio deve participar amanhã na Corrida dos Carteiros em Palmas, Tocantins.

Desafio da Paz reúne dois mil participantes no Complexo do Alemão



Franck Caldeira, Jadel Gregório e Marilson dos Santos prestigiaram o evento
Cerca de dois mil corredores de todas as idades, atividades profissionais e posições sociais, vindos de diversos cantos do país, venceram na manhã deste domingo, dia 27, os cinco quilômetros de subidas e descidas do 3º Desafio da Paz, organizado pelo AfroReggae e disputado no Complexo do Alemão. Mais uma vez, a exemplo do que já acontecera nas edições anteriores, corridas no próprio Alemão e na Rocinha, a vitória maior foi da paz e do novo momento que vive o Rio de Janeiro.

Ao lado de atletas olímpicos, artistas, policiais, moradores do Complexo e de muitos outros pontos da cidade, o Secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, fez questão de disputar o Desafio da Paz. O tempo de 38 minutos, inferior aos 36 minutos da primeira edição da prova, é o menos importante para ele: "Essa corrida trata de inclusão social, de paz. Poder ir da Vila Cruzeiro para cá e daqui para lá era algo inimaginável há alguns anos. Hoje, posso estar aqui com a minha mulher e meu filho. Isso é o que fica. É preciso que todas as organizações e entidades façam eventos como esse, para sedimentar essa nova fase da cidade".

Unir favela e asfalto é o grande objetivo desse evento. "O que vale nessa prova não é a competição, mas sim o momento de celebração dentro da comunidade. As pessoas participam andando, correndo, passeando porque o que importa é a integração por meio do esporte", ressalta Fernando Medeiros, coordenador de projetos esportivos do AfroReggae.

O melhor tempo entre todos os corredores ficou com Valério de Souza Fabiano, atleta capixaba que vive e treina em Petrópolis, Região Serrana do Estado do Rio, e que completou o percurso em 17'19", oito segundos à frente do vice-campeão, o queniano Hillary Kibet. O dinheiro do prêmio, segundo Valério, seguirá para a pequena cidade de Divino São Lourenço, onde vive sua família. "Foi uma ótima corrida. Tinha sido terceiro colocado na primeira edição e quarto, na prova da Rocinha. Dessa vez, consegui controlar o queniano", disse o atleta.

No feminino, deu Quênia: Maurine Jelagat Kipchumba fechou a prova em 21'09", superando Marcia Narloch (21'49"). Na categoria de moradores da comunidade do Alemão, os campeões foram Ernando Januário da Silva (20'29") e Neucilene de Oliveira Teixeira (28'37").

Vencedora do primeiro Desafio da Paz, Neucilene tem destino certo para boa parte do prêmio de R$ 7 mil pela vitória de hoje. O dinheiro será usado para custear uma cirurgia a que ela precisa se submeter. Nem as fortes dores que há tempos a incomodam impediram a professora de Educação Física, de 41 anos, que viu o pai ser assassinado perto de casa quando ainda era criança, de lutar pela vitória. "Na outra prova, usei o dinheiro para reformar minha casa. Agora, minha saúde é a prioridade", disse ela.

A organização premiou com equidade os atletas que subiram ao pódio. Divididos nas categorias Geral Masculino e Geral Feminino, e Comunidade Masculino e Comunidade Feminino, os campeões faturaram R$ 7 mil, enquanto os segundos colocados levaram para casa R$ 4 mil e, os terceiros lugares, R$ 2 mil. A premiação total foi de R$ 52 mil.
Este ano, os corredores tiveram a oportunidade de contribuir para iniciativas que trabalham pela promoção da saúde e direitos humanos dos moradores do Complexo.

Com o patrocínio do banco Santander, toda a quilometragem percorrida pelos participantes foi somada quando o último competidor passou pela linha de chegada. O resultado dessa conta foi convertido em reais e será doado para o Centro de Referência da Saúde da Mulher (Cresam) e o Espaço democrático de união, convivência, aprendizagem e prevenção (Educap). Cada instituição receberá R$ 6 mil.

Celebridades

A corrida contou com a ilustre participação de três atletas olímpicos: Marilson Gomes dos Santos, Franck Caldeira - os dois já com índice para a Maratona nos Jogos de Londres - e o triplista Jadel Gregório. Os três foram ao Alemão sem preocupação com tempo, empenhados em dar apoio aos outros corredores e à mensagem de um novo tempo que o Desafio da Paz apresenta.

"O evento tem um apelo social muito forte e pode ser pontapé inicial para a descoberta de novos atletas", disse Marilson. Campeão do primeiro Desafio da Paz, Franck Caldeira parabenizou o AfroReggae pela iniciativa de organizar o evento: "Isso nos mostra que o Rio não é só o que a gente via na televisão. Aqui, o esporte é muito valorizado e é de responsabilidade da comunidade fazer com que eventos como esse continuem acontecendo". Para Jadel Gregório, a grande vitória é a comprovação do poder de mudança do esporte. "Fiz questão de vir para prestigiar, mesmo não sendo corredor, e espero ter conseguido levar um pouco de luz a cada casa e cada vila dessa comunidade", acrescentou.

O Desafio da Paz também contou com a participação de estrelas da televisão. O ator José Loretto, que vive o Darkson na novela "Avenida Brasil", ficou emocionado com o apoio recebido dos moradores ao longo do trajeto: "É muito bom estar aqui, ajudando a promover a paz". Erom Cordeiro, o Tobias, de "Amor eterno amor", enalteceu a importância de a prova inserir o Complexo do Alemão no mapa da cidade por meio do esporte, não mais da violência.

RESULTADOS
GERAL MASCULINO
1. Valério de Souza Fabiano (23 anos) - 17'19"
2. Hillary Kibet (Quênia, 30 anos) - 17'27"
3. Francisco Ribamar de Souza (34 anos) - 18'22"

GERAL FEMININO
1. Maurine Jelagat Kipchumba (Quênia, 24 anos) - 21'09"
2. Marcia Narloch (43 anos) - 21'49"
3. Antonia Lemos de Souza (49 anos) - 26'40"

COMUNIDADE MASCULINO
1. Ernando Januário da Silva (28 anos) - 20'29"
2. Ronald da Silva Carlos (30 anos) - 20'30"
3. Severino Antonio da Silva - 20'55"

COMUNIDADE FEMININO
1. Neucilene de Oliveira Teixeira (41 anos) - 28'37"
2. Jessica Sabino dos Santos (22 anos) - 30'52"
3. Marlene Martins dos Santos (45 anos) - 32'54"


Mais informações:
RPM Comunicação
www.rpmcom.com.br
Flavia Flores - flavia@rpmcom.com.br
(21) 3478-7404 / 8272-2320
Luna Vale - luna@rpmcom.com.br
(21) 3478-7409/ 8222-0274
Mariana Machado - marianamachado@rpmcom.com.br
(21) 3478-7410 / 8127-6356