segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

A nível internacional!


Escolinha Gol de Placa representará a cidade de Colméia e o Estado do Tocantins
   
   No próximo dia 10 de janeiro começa mais uma edição do maior campeonato da categoria de base da América Latina e a 15º Taça Internacional de Futebol do Interior Paulista-Brasil, a competição vai até o dia 18 de janeiro e reúne 115 equipes de 48 clubes, nas categorias sub 12, 14, 16 e 18. Ao todo, são esperados cerca de 4 mil participantes, entre atletas, treinadores e dirigentes, de 8 estados brasileiros, além de países como Argentina, Paraguai e Uruguai. 
  Tocantins será representado pelas equipes de Colméia, Interporto e Gurupi, a única equipe estreante na competição e a Escolinha de Futebol Gol de Placa, que irá representar a cidade de Colméia que se localiza a 224 km de Palmas-TO.
  O evento terá o apoio da Prefeitura de São João da Boa Vista, as equipes participantes representam os estados da Bahia, Ceará, Espirito Santo, Goiás, Minas Gerais, Piauí, São Paulo e Tocantins. As equipes internacionais são; Defensa Y Justicia da Argentina, Selecion do Paraguai e o Racing Clube de Montevideo do Uruguai.    
  Em São João da Boa Vista, os jogos ocorrem no CIC, CSU/DER, Pratinha, Vila 1º de Maio, Santo Antônio e Sociedade Esportiva Sanjoanense. A estrutura do evento conta com 15 estádios – incluindo Aguaí, Casa Branca e Vargem Grande do Sul -, 30 alojamentos em escolas públicas estaduais e municipais, e mais de 200 pessoas no apoio. 
   A abertura da competição ocorre na sexta-feira, dia 10, às 19h30, no ginásio do CIC, em São João da Boa Vista. O cerimonial terá o desfile das delegações, show artístico com o grupo de dança do departamento de Esportes da Prefeitura e após a abertura, será realizada uma partida de futsal entre São João e Seleção Regional. 
   Apesar de não ter nenhum vínculo com algum clube profissional, a Escolinha Gol de Placa sempre está participando de competições a nível regional, estadual e nacional. Recentemente a Escolinha participou da Copa Paratins e do Campeonato Brasileirinho no ano de 2013, a onde conquistou títulos. A equipe viaja amanhã (07) para o interior Paulista a onde irá encarar mas este desafio, agora a nível Internacional.
Guaraiesportes.com

Tocantins entra no circuito nacional do Sesc Triathlon


Realizado anualmente em seis estados, o Sesc Triathlon Circuito Nacional terá etapa em Palmas, no Tocantins, no dia 17 de agosto. A data já foi confirmada pelo Departamento Nacional do Sesc em divulgação do calendário desta edição do torneio no início de janeiro.

As provas começam no dia 16 de março, em Caiobá (PR), onde o evento esportivo é realizado desde 1989. De lá, os atletas rumam a Brasília (DF), cidade que sediará a segunda etapa no dia 18 de maio. Em junho, os esportistas vão lutar pelas melhores colocações em Belém (PA).

Esta é a primeira vez que o Estado sedia uma etapa do Sesc Triathlon. Em 2013, colaboradores do Sesc Tocantins estiveram em Belém e em Salvador para conhecer o evento de perto. “Incluir Palmas no Circuito Nacional foi uma conquista. Tivemos a iniciativa de verificar a realização de duas etapas no ano passado e entramos em contato com os organizadores para solicitar a inclusão. Temos certeza de que a etapa no Tocantins será um sucesso, pois temos uma equipe preparada e integrada e a geografia da nossa capital colabora para a execução das provas”, afirma o diretor regional do Sesc, Marco Antonio Monteiro. 

O Circuito Nacional proporciona aos atletas profissionais e amadores uma prova de elevada qualidade técnica, sem deixar de lado o companheirismo e a integração do esporte. As competições favorecem a inclusão de triatletas iniciantes e com deficiências, além de contar com a participação da comunidade. “Este será um evento democrático, que contempla diversos perfis de atletas, do iniciante ao PCD (Pessoa Com Deficiência). Queremos que este seja o maior evento esportivo do Estado, no sentido estrutural, e vamos trabalhar muito para que nosso desejo se realize”, assegura o coordenador de Esportes Henrique Miola. Após a etapa tocantinense, o Circuito segue para Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Tramandaí (RS).

Saiba mais
No calendário esportivo nacional destaca-se o Sesc Triathlon Caiobá, promovido pelo Sesc Paraná há quase 25 anos. Desde então, tornou-se o evento da modalidade mais tradicional do Brasil. Em 2011 foi realizada sua a 23ª edição consecutiva.

Em 2003 o Sesc expandiu o Triathlon para outros estados e criou o Circuito, difundindo a modalidade em todas as regiões do país. As provas contam ainda com atividades sociais que democratizam o acesso da população ao esporte. Além disso, o Sesc chama a atenção para a prática esportiva e como as atividades físicas são benéficas para a saúde.

Confira o calendário com a previsão das etapas:
Caiobá (PR): 16/3
Brasília (DF): 18/5
Belém (PA): 8/6
Palmas (TO): 17/8
Salvador (BA): 28/9
Fortaleza (CE): 25/10
Tramandaí (RS): 30/11

Informações: (63) 3219-9131

Foto disponível para download no link:
                    
Twitter: @sescto
(Ana Caroline Ribeiro – Assessora de Imprensa Sesc/TO com informações de http://www.sesc.com.br/sesctriathlon/) Serviço: Assessoria de Comunicação do Sesc Tocantins - Fone: (63) 3219-9102 – 3219-9128. Licença: Os textos podem ser reproduzidos gratuitamente, apenas para fins jornalísticos, mediante a citação da fonte. Twitter: @sescto. Acesse www.sescto.com.br. Conheça nossa FANPAGE -http://www.facebook.com/sescto

assinatura_mediapost.gif

Brasil goleia Argentina e conquista Copa América de Beach Soccer


Neste domingo, a Seleção Brasileira de beach soccer venceu a Argentina por 10 a 1 e conquistou decacampeonato invicto da Copa América. Pelo lado brasileiro, Bokinha (2), Rafinha (2), Datinha, Sidney, Mauricinho, Lucão, Souza e Mão marcaram, enquanto Sirico anotou para os argentinos. Com Arena Recife lotada, os torcedores vibraram com a atuação da Seleção.

- Nota 10. Fizemos uma Copa América impecável e todos estão de parabéns. Começamos bem o ano, mostrando bom futebol e dando alegria à nossa torcida. Alcançamos o nosso objetivo. Agora é dar sequência no trabalho, que está dando excelentes resultados. Temos muito a evoluir ainda - afirmou Júnior Negão, técnico da Seleção Brasileira.

Na preliminar, o México derrotou El Salvador por 5 a 4 e ficou com o terceiro lugar da competição. Na cerimônia de premiação, a organização anunciou os destaques individuais do campeonato: Bokinha/Brasil (Artilheiro / 6 gols), Mão/Brasil (Melhor Goleiro) e Bokinha/Brasil (Melhor Jogador). A seleção do campeonato ficou assim: Mão (Brasil), Elmer (El Salvador), Daniel (Brasil), Sirico (Argentina) e Bokinha (Brasil).

Tomado de: Lancepress!

Duda da Silva entra em 2014 de olho no bi do Mundial Indoor da Polônia

Assessoria de Imprensa da CBAt

Fonte: CBAt
Duda da Silva salta em Moscou (Eduardo Biscayart/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
São Paulo - Por causa de uma lesão no pé, que o tirou dez dias dos treinos no início de dezembro, Mauro Vinícius "Duda" da Silva passou as festas de fim de ano em plena atividade. Descansou apenas nesta quarta-feira, dia 1º de janeiro, e nesta quinta 2 retomou a preparação no Centro Esportivo Eldorado, na cidade de São José do Rio Preto (SP). Duda, atual campeão mundial de salto em distância em pista coberta, treina para defender seu título no Campeonato Mundial Indoor em Sopot, na Polônia, de 7 a 9 de março.

O atleta paulista, que completou 27 anos no último dia 26, está com a vida agitada. Nos próximos dias, ele começará a treinar em São Paulo, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, sempre orientado pelo técnico Aristides "Tide" Junqueira. A mudança foi sugerida por Antonio Carlos Gomes, Superintendente de Alto Nível da CBAt e visa a Olimpíada do rio-2016.

No início de fevereiro, Duda e Tide seguem para o Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Lisboa, onde o atleta faz a preparação final para o Mundial de Sopot. Antes, tem participação assegurada no GP de Birmingham (GBR), um dos mais importantes da temporada indoor da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo).

"Estou animado, é a primeira vez que vou defender meu título mundial", comentou o saltador da BM&FBovespa (SP), que ficou em 5º lugar no Mundial de Moscou em 2013 - a apenas três centímetros do ganhador da medalha de bronze. "Claro que sinto um pouco mais de responsabilidade, mas isso não pode virar uma pressão excessiva."

Líder do Ranking Sul-Americano, com 8,31 m (1.4) e dono de nove entre as dez melhores marcas do continente em 2013, Duda terminou em 6º lugar no Ranking Mundial da IAAF. "Ele está numa fase dura de treinos e precisa seguir uma rotina, inicialmente com o foco na Polônia", lembrou Tide Junqueira.

Tomado do site da CBAt

Imagine: projeto social do Tocantins vira fábrica de sonhos no futebol

O time leva as oportunidades tão a sério que o técnico, John Hebert, fã de Muricy Ramalho, tem 20 anos de idade e era jogador profissional da equipe

Por Guarulhos, SP

Imagine um time de futebol movido pela vontade de fazer o bem. Imagine um time criado com a intenção de usar o poder da bola não para fazer dinheiro, mas para realizar uma função social e afastar jovens das drogas. Foi fazendo este exercício de reflexão que o radiologista Paulo Kramer, de Palmas (TO), teve um estalo e decidiu fundar um clube de futebol em sua cidade. Para nunca se esquecer deste propósito, Kramer resolveu dar ao seu time um nome literal e objetivo: Imagine Futebol Clube.

Copinha - Imagine - John Hebert e Felipe (Foto: Cassio Barco)Técnico John Hebert, de apenas 20 anos, orienta o zagueiro Felipe (Foto: Cassio Barco)


- É como o próprio verbo diz. Nosso time é feito de imaginar, de sonhar. É feito de dar oportunidades. O futebol é uma arma muito poderosa, não podemos usá-la só para enriquecer, precisamos cuidar de quem precisa – explica Paulo, que é dono, presidente, massagista, roupeiro, cozinheiro e "o que mais precisar" do clube, segundo definição do próprio.
Copinha - Imagine - Paulo Kramer (Foto: Cassio Barco)Paulo Kramer, presidente e faz-tudo do Imagine (Foto: Cassio Barco)
O Imagine existe há quatro anos, buscando e alcançando sonhos. Um deles, que era participar da Copa São Paulo, foi realizado neste domingo (5), em Guarulhos. A primeira participação não foi exatamente como os jogadores e o presidente do time sonharam. O Flamengo de Guarulhos, adversário da estreia, foi impiedoso, superior física e psicologicamente e venceu por 9 a 0. Mas a cobrança no time não é por resultados.

- Vir aqui já é uma vitória para a gente. O nervosismo atrapalhou – revelou Carlinhos, meia de 16 anos, que sofreu para marcar garotos muito mais fortes durante a partida.

- Não é normal para nós jogar a Copa São Paulo. Eles são mais fortes, e o time todo ficou ansioso. Mas vamos tentar entrar mais calmos no próximo jogo – disse o zagueiro Felipe, também de 16 anos, que sofreu uma lesão na boca durante a partida após bater o rosto na chuteira de um adversário em jogada que chegou dando carrinho atrasado.

Felipe é um destes atletas que mudou de vida por causa do Imagine. O zagueiro conta que, antes de conhecer o clube, sua vida era baseada em comer, dormir e não fazer nada. Carlinhos também ressaltou a importância do projeto em "tirar a molecada desde pequeno para não cair no caminho errado". Mas a história da maior oportunidade recebida, e bem aproveitada, talvez não esteja dentro do campo. 
Copinha - Imagine (Foto: Cassio Barco)Imagine em ação pela Copinha neste domingo, contra o Flamengo de Guarulhos (Foto: Cassio Barco)
John Hebert tem 20 anos. Jogou futebol profissionalmente no Imagine até no ano passado. Tem praticamente a idade dos atletas que entraram em campo na estreia da Copa São Paulo e poderia buscar um futuro como jogador. Só que Jonh decidiu seguir um caminho bem diferente. Ele é o técnico do time na Copa São Paulo. Sim, o técnico do sub-19 tem 20 anos. Poderia ser um problema assumir uma equipe tão novo assim, mas John Hebert não encara dessa forma.

- Não importa a idade. Eles ouvem o que falo, quando grito na hora do jogo, é normal. Isso que me faz crescer cada vez mais, a caminho do meu objetivo, que é me tornar um treinador de time profissional. Por isso, eles me respeitam muito.
 Vir aqui já é uma vitória para a gente
Carlinhos, meia
 John é um dos principais responsáveis pela ida do Imagine à Copa São Paulo. Ele foi o técnico responsável pela vitória no time no estadual sub-19 do Tocantins, que garantiu a vaga ao clube de Palmas. Na época, jogava no time profissional e treinava três categorias de base. Até que recebeu a proposta do presidente de se "aposentar" da carreira de jogador abruptamente para assumir os juniores.

- Ser técnico é mais difícil do que ser jogador. Você tem de ter um esquema tático, um comando aqui fora e ainda orientar bem, sem usar palavrão, sem pegar pesado com os garotos. Sou fã do Muricy Ramalho porque ele é um paizão, todo mundo gosta dele. Tento fazer a mesma coisa com o Imagine, que se chega, se junta comigo. Como amigos.

O Imagine é feito de histórias. Como a do técnico John Hebert, a do presidente Paulo Kramer e a do zagueiro Felipe. Apesar do nome não ter relação alguma com a música “Imagine”, de John Lennon, é uma equipe movida por sonhos, como o ex-beatle pregava na famosa canção. Pelo sonho de viver a vida em paz, de compartilhar o mundo, de ter um propósito, de fazer um futebol melhor.