segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Servidor da Guarda Metropolitana participa de competição internacional

Foto: Divulgação
A próxima etapa da Meia Maratona Asics Golden Four acontecerá em Brasília – DF no dia 09 de novembro, quando Marcelo Pereira Lima, inspetor da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), representará a instituição. O guarda metropolitano pretende obter resultado ainda melhor que o alcançado na última prova, realizada no dia 03 de agosto, em São Paulo com 5.211 atletas inscritos. 
A prova de São Paulo teve percurso de 21,097 quilômetros com largada e chegada no Jóquei Clube foi percorrido por esportistas do Brasil e de diversos países da África. O guarda metropolitano disse ter alcançado um resultado muito melhor do que o planejado com o tempo de 1 hora, 22 minutos e 45 segundos, ficando na 90ª colocação. 
Segundo avaliação de Lima, o clima ajudou a superar sua meta, uma vez que está acostumado a treinar e competir em alta temperatura e baixa umidade relativa do ar e espera encontrar condição climática similar em Brasília e superar sua marca. 
Lima, a partir desse resultado, passa a pertencer a um grupamento restrito de atletas para as demais etapas do circuito Golden Four. “Agora terei acesso ao pelotão reservado à Elite B, tendo em vista que esse grupamento é restrito aos atletas que atingem tempo comprovado abaixo de 1 hora 28 minutos em provas de 21 Km nos últimos 12 meses que precedem cada etapa do circuito”, comemora. (Secom Palmas)

Fábio Gomes da Silva comemora a medalha de ouro no GP Brasil Caixa Pará de Atletismo

Da Assessoria de Imprensa da CBAt


Fonte: CBAt
Fábio Gomes vence em Belém (Wagner Carmo/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
Belém - O paulista Fábio Gomes da Silva comemorou muito a conquista da medalha de ouro no salto com vara do 30º Grande Prêmio Brasil Caixa Pará de Atletismo, disputado na manhã deste domingo 10, no Estádio Olímpico do Pará, em Belém. Ele saltou 5,50 m, seu melhor resultado de 2014. "Estou de volta", resumiu, feliz, com a vitória.

No GP Brasil do ano passado, também no Mangueirão, Fábio sofreu uma grave lesão no tendão calcâneo. Precisou passar por uma delicada cirurgia e ficou fora da temporada 2013, inclusive do Mundial de Moscou, para o qual estava qualificado.

"Foi uma volta muito difícil, principalmente para a temporada indoor. Agora finalmente consegui encaixar melhor a prova e me senti mais competitivo", disse o atleta, aliviado. "A tendência é ganhar ritmo de competição de novo e ir melhorando os resultados. Estou começando minha carreira outra vez."

O saltador espera chegar a 2015 em condições de brigar por vagas na seleção brasileira que disputará o Mundial de Pequim, na China, e o PAN de Toronto, no Canadá. "O objetivo, como mostrei aqui, é sempre estar entre os melhores", concluiu o finalista no Mundial de Daegu (KOR), em 2011.

Outra boa prova foi a do salto triplo feminino, que teve a vitória da colombiana Yosiri Urrutia, com 14,24 m (0.3). Ela já havia vencido na semana passada a prova no Campeonato Ibero Ibero-Americano, em São Paulo. "Estou muito feliz com a minha sequência de resultados", lembrou.

O pódio foi completado pelas brasileiras Keila Costa, com 14,13 m (0.2), e Tania Ferreira da Silva, com 14,04 m (0.0). Elas conseguiram as melhores marcas do Ranking Nacional deste ano.

Nas provas dos 200 m, tanto no masculino como no feminino, o vento contra impediu melhores marcas. No masculino, Antoine Adams, de São Cristóvão e Nevis, venceu por 20.79 (-3.4), enquanto no feminino a vencedora foi a norte-americana Tiffany Towsend, com 23.17 (-1.6). "A prova foi difícil, mas a marca acabou não sendo boa. Estou feliz, porém, com a vitória", comentou Antoine Adams, que treina em Houston, nos Estados Unidos.

A brasileira Ana Cláudia Lemos ficou com a prata nos 200 m. "Estou voltando depois de algum tempo parada e preciso paciência para alcançar os resultados desejados. Acho que isso é questão de semanas", afirmou a cearense.

Nos 400 m, o domínio foi brasileiro. O gaúcho Anderson Henriques, finalista no Mundial de Moscou, foi o vencedor, com 45.52, comprovando a boa fase, já que ganhou na semana passada o Ibero-Americano no Ibirapuera. "Tenho certeza de que estou no caminho certo", disse. "O objetivo é voltar a correr abaixo dos 45 segundos."

A 30ª edição do Grande Prêmio Brasil Caixa Pará, que foi assistida pelo presidente da Diamond League, o principal circuito de competições da IAAF, o tcheco Petr Stastny, reuniu 120 aletas (75 homens e 45 mulheres) de 20 países. Representantes de 15 nações foram ao pódio, sendo que de nove conquistaram ouro. Mais uma vez, Belém apoiou o Atletismo, com a presença de 17.513 torcedores no Mangueirão.

O vice-presidente da CBAt, Warlindo Carneiro da Silva Filho, que representou o presidente da entidade, José Antonio Martins Fernandes, mostrou-se satisfeito com o nível da competição. "Tivemos mais uma vez uma excelente organização e o fundamental apoio da Caixa, nosso patrocinador, e do Estado do Pará. Com isso, os resultados foram muito bons", comentou.

Pódio 30º Grande Prêmio Brasil Caixa Pará 2014

Lançamento do dardo feminino
1º Jucilene Sales de Lima (BRA) 61,99 m - RB
2º Rafaela Torres (BRA) 56,60 m
3º Laila Ferrer (BRA) 55,91 m

Salto em distância masculino
1º Mauro Vinicius (BRA) 7,74 m
2º Higor Alves (BRA) 7,72 m
3º Paulo Oliveira (BRA) 7,62 m

Salto com vara masculino
1º Fábio Gomes da Silva (BRA) 5,50 m
2º João Gabriel Sousa (BRA) 5,40 m
3º German Chiaraviglio (ARG) 5,35 m

400 m com barreiras masculino
1º Mahau Suguimati (BRA) 49.09
2º Eric Alejandro (PUR) 49.11
3º Justin Gaymon (USA) 49.53

100 m feminino (vento de 0.7)
1º Bárbara Pierre (USA) 11.29
2º Tiffany Townsend (USA) 11.39
3º Rosangela Santos (BRA) 11.47

Arremesso do peso feminino
1º Cleopatra Borel (TTO) 18,29 m
2º Natalia Ducó (CHI) 17,55 m
3º Geisa Arcanjo (BRA) 17,54 m

100 m masculino (vento de 0.6)
1º Asafa Powell (JAM) 10.02
2º Marvin Bracy (USA) 10.14
3º Dentarius Locke (USA) 10.17

3.000 m masculino
1º John Kipkoech (KEN) 7:56.36
2º Younés Essalhi (MAR) 7:56.50
3º Marvin Blanco (VEN) 7:58.13

Lançamento do disco masculino
1º Maurício Ortega (COL) 59,75 m
2º Markus Munch (GER) 59,00 m
3º Ronald JulIão (BRA) 57,68 m

3.000 m com obstáculos feminino
1º Buzuayeauhu Mohamed (ETH) 9:55.22
2º Muriel Coneo (COL) 10:00.01
3º Angela Figueiroa (COL) 10:13.47

Salto triplo feminino
1º Yosiri Urrutia (COL) 14,24 m
2º Keila Costa (BRA) 14,13 m
3º Tania da Silva (BRA) 14,04 m

400 m masculino
1º Anderson Henriques (BRA) 45.52
2º Pedro Luiz Burmann (BRA) 45.73
3º Peterson dos Santos (BRA) 46.68

800 m feminino
1º Anastasia Bazdyreva (RUS) 2:03.83
2º Jessica dos Santos (BRA) 2:05.56
3º Tatiana Raquel da Silva (BRA) 2:07.03

800 m masculino
1º Rafith Rodriguez (COL) 1:45.81
2º Job Kinyor (KEN) 1:46.05
3º Sammy Kirongo (KEN) 1:47.30

200 m feminino (vento -1.6)
1º Tiffany Townsend (USA) 23.17
2º Ana Claudia Lemos (BRA) 23.28
3º Miki Barber (USA) 23.63

200 m masculine (vento -3.4)
1º Antonie Adams (SKN) 20.79
2º Maurice Mitchell (USA) 20.93
3º Aldemir Gomes Junior (BRA) 21.04

O 30º Grande Prêmio Brasil Caixa Pará de Atletismo foi uma realização da Confederação Brasileira de Atletismo, com patrocínio da CAIXA, teve apoio do Governo do Estado do Pará e da Federação Paraense de Atletismo.

INFORMAÇÕES COMPLETAS COMO RESULTADOS COMPLETOS NO SITE DO EVENTO - Acesso pelo link abaixo:
http://cbat.org.br/competicoes/gp_brasil/2014/default.asp

Asafa Powell vence 100 m com categoria no Grande Prêmio Brasil Caixa Pará de Atletismo

Assessoria de Imprensa do GP Brasil Caixa Pará
Fonte: CBAt
Asafa Powell vence os 100 m em Belém (Wagner Carmo/CBAt)
Clique na Imagem para Ampliar
Belém - O jamaicano Asafa Powell mostrou que está voltando rapidamente à melhor forma, ao vencer os 100 m no 30º Grande Prêmio Brasil Caixa de Atletismo com 10.02, sua melhor marca na temporada. O Meeting acontece na manhã deste domingo (dia 10), no Estádio Olímpico do Pará, em Belém.

"Foi muito competir aqui, com o apoio do público", disse Asafa Powell, de 31 anos, ex-recordista mundial da prova com 9.72. "Estava preocupado com o Marvin Bracy, que é jovem e vem conseguindo boas marcas", prosseguiu o velocista, a respeito do norte-americano que ficou em segundo lugar com 10.14 (Bracy ganhou prata nos 60 m no Mundial Indoor da Polônia, este ano). O terceiro foi Dentarius Locke, também dos Estados Unidos, com 10.17.

"Estou gostando muito de Belém e ainda hoje quero experimentar açaí", brincou ao responder a pergunta de jornalistas locais, na zona mista do Estádio. "Agora quero melhorar minha marca este ano e iniciar uma séria preparação para buscar um lugar na Olimpíada de 2016 (no Rio de Janeiro)", completou Asafa.

Outro bom resultado quem conseguiu foi a brasileira Jucilene Sales de Lima. Ela foi a campeã do lançamento do dardo com 61,99 m. Além do título, Jucilene quebrou o recorde brasileiro da prova em um centímetro. O recorde anterior era dela mesma e de Sueli Pereira dos Santos, com 61,98 m. "Vencer é sempre bom, ainda mais com recorde", falou a brasileira nascida na Paraíba.

Duas outras atletas do Brasil completaram o pódio: Rafael Torres Gonçalves, segunda colocada com 56,60 m e Laila Ferrer Domingos, terceira com 55,91.

Nos 100 m feminino, dobradinha dos Estados Unidos. A campeã foi Barbara Pierre, com 11.29, e a vice-campeã foi Tiffany Townsend, com 11.39. Rosângela Santos, do Brasil ficou em terceiro lugar, com 11.47.

O brasileiro radicado no Japão Mahau Suguimati venceu os 400 m com barreiras, com a marca de 49.09. O porto-riquenho Eric Alejandro foi o segundo com 49.11, e o norte-americano Justin Gaymon o terceiro, com 49.53.

Nos 3.000 m, a esperada vitória do queniano John Kipkoech, número 5 do mundo. Ele fez a prova em 7:56.36. Younés Essalhi (Marrocos) foi o segundo colocado com 7:56.50, e Marvin Blanco (Venezuela) o terceiro, com 7:58.13.

No salto em distância, o bicampeão mundial indoor Mauro Vinícius Duda da Silva obteve sua primeira vitória, depois de voltar às competições após recuperar-se lesão. Ele teve apenas dois saltos validados e num deles marcou 7,74 m, o que lhe garantiu a medalha de ouro. "Estou voltando, sem forçar demais, sinto que estou evoluindo", disse Duda.

Dois brasileiros completaram o pódio: Higor Silva foi o segundo com 7,72 m e Paulo Sergio dos Santos Oliveira o terceiro, com 7,62 m. Paulo Sergio superou Damar Frobes, da Jamaica, quarto com 7,55 m.

RESULTADOS COMPLETOS NO SITE DO EVENTO - PELO LINK:

http://cbat.org.br/competicoes/gp_brasil/2014/default.asp