terça-feira, 23 de junho de 2015

Estudantes do Tocantins podem participar dos Jogos Mundiais Indígenas como voluntários

Alcione Luz
  • Foto por: Washington Luiz
    Secretário do Esporte, Salim Milhomem, representantes de universidades do Estado e secretário extraordinário dos JMI, Hector Franco
    Secretário do Esporte, Salim Milhomem, representantes de universidades do Estado e secretário extraordinário dos JMI, Hector Franco
O secretário Estadual do Esporte, Lazer e Juventude, Salim Mihomem, participou do lançamento oficial dos editais de seleção de profissionais e estudantes voluntários para trabalharem nos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas. A solenidade ocorreu na tarde desta terça-feira, 2, na Secretaria Extraordinária dos Jogos, em Palmas. O Governo do Estado, por meio da Seelj, é parceiro na realização do evento.

Segundo o secretário extraordinário dos Jogos, Hector Franco, cerca de 450 voluntários serão selecionados para trabalhar no evento mundial, a ser realizado na Capital, de 23 de outubro a 1º de novembro. A Prefeitura de Palmas já disponibilizou edital com 90 vagas. As inscrições poderão ser realizadas pelo site dos JMI (www.jogosmundiaisindigenas.com/voluntarios) até 31 de julho de 2015.

Os demais profissionais serão selecionados pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), Ulbra e Faculdade Católica do Tocantins, que abrirão vaga para estudantes e professores em editais específicos de cada instituição.

Os Jogos devem reunir 24 etnias brasileiras, além de indígenas de mais de 20 países, totalizando 2.500 atletas. Nos 13 dias de competição, serão disputados esportes ocidentais, como futebol, e esportes indígenas, que se dividem entre jogos demonstrativos e nativos de integração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário