quinta-feira, 25 de junho de 2015

Palmas sedia Copa do Brasil Regional de Futebol 7

Por Reinaldo Cisterna





















Palmas recebe neste final de semana a Copa do Brasil Regional Centro Oeste de Futebol 7, competição que irá reunir clubes do Tocantins, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. A disputa acontece na Escolinha do Cruzeiro que será inaugurada durante a competição, na quadra 606 Norte.

O torneio é organizado pela Confederação Brasileira de Futebol 7 (CBF7), realizado pela Federação Tocantinense de Futebol 7 (TOF7S) e tem o apoio da e Governo do Tocantis por meio da Secretaria Estadual do Esporte, Lazer e Juventude e Fundação Municipal de Esportes e Lazer (Fundesportes).

A abertura oficial da competição acontece sexta, 26, às 19h30, no local do torneio. Ainda na sexta, acontece a primeira rodada da primeira fase, com quatro jogos, sendo que o primeiro está previsto para ter início às 20h e será a disputa entre a Ferpam/AABB TO e a equipe do Atlético (GO). A fase final da competição acontece domingo, 28, a partir das 8h30.

Oito equipes estão na disputa e o Tocantins terá três representantes na competição: Ferpam/AABB, Só Cargas Transp. e Empório D. Lucas. O torneio conta ainda com Atlético e Vila Nova, representando Goiás, Clube da Saúde e Ceilandense, representando o Distrito Federal e os representantes do Mato Grosso do Sul, que vestem a camisa do S.E.R Chapadão.

O congresso técnico acontece sexta, 26, às 15h, no local dos jogos. Todas as equipes devem comparecer. Mais informações podem ser obtidas com o presidente da TOF7S, Carlos Ricardo – (63) 8412-1674.
CBF7 - Confederação Brasileira de Futebol 7
 Confira a tabela completa da primeira fase:
 1ª FASE – 1ª Rodada
DIA 26/06
20h - FERPAM/AABB – TO X ATLETICO - GO
21h - VILA NOVA – GO X CLUBE DA SAÚDE - DF
21h - SÓ CARGAS TRANSPORTES – TO X CEILANDENSE - DF
22h - EMPORIO DOM LUCAS – TO X SER CHAPADÃO - MS

1ª FASE - 2ª Rodada
Dia 27/06
09h - FERPAM/AABB -TO X SÓ CARGAS TRANSPORTES -TO
EMPÓRIO D.LUCAS XVILA NOVA - GO
10h - CLUBE DA SAÚDE – DF X SER CHAPADÃO - MS
CEILANDENSE – DF X ATLÉTICO - GO

1ª FASE - 3ª Rodada
Dia 27/06/15
18h SER CHAPADÃO – MS X VILA -GO
CLUBE DA SAÚDE – DF X EMPÓRIO DOM LUCAS - TO
19h CEILANDENSE – TO X FERPAM/AABB - TO
ATLÉTICO – GO  X  SÓ CARGAS TRANSPORTES - TO 

Congresso técnico define fórmula de disputa dos Jogos Mundiais Indígenas hoje

Hector Franco (E) e Marcos Terena durante as discussões do Congresso Técnico
Informações sobre regulamento, forma de disputa, modalidades, hospedagem, logística, alojamentos das etnias nacionais e internacionais, alimentação, cerimônia de abertura e transportes serão discutidas nesta quinta-feira, em Brasília durante o encerramento do Congresso Técnico da 1ª edição dos Jogos dos Povos Mundiais Indígenas. Evento, que vai ocorrer em Palmas entre os dias 20 de outubro e 1º novembro.

Ontem no primeiro dia do congresso, líderes indígenas de 24 etnias brasileiras e 23 países participaram do evento na discussão de vários assuntos como a locomoção das delegações sejam estrangeiras ou brasileiras até Palmas. O secretário Extraordinário dos Jogos Mundiais Indígenas (JIM), Hector Franco, apresentou o projeto e a cidade-sede, destacando a importância da realização do congresso técnico. Segundo ele, o evento determina todos os parâmetros para a realização dos Jogos.

Outra discussão foi feita pelos representantes do Ministério das Relações Exteriores, que orientaram os líderes indígenas de fora do País dos procedimentos legais para as questões ligadas ao visto e entrada no Brasil.A questão da alimentação também foi tratada no congresso pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que explicou como será a entrada de produtos de alimentação no País.

PROJETO
Segurança também foi um dos itens discutidos pela Polícia Federal que destacou que existe um projeto de segurança e inteligência que está sendo elaborado pela Comissão de Segurança e Defesa Civil para os JMI.

FUNDESPORTES
A organização esportiva dos Jogos, como as modalidades e regulamento ficarão a cargo da Fundação Municipal de Esportes e Lazer de Palmas (Fundesportes), comandados pelo Comitê Intertribal, que estará a cargo de Carlos Terena, irmão de Marcos Terena.


Participam do congresso, líderes indígenas nacionais e internacionais, Comitê Intertribal - Memória e Ciência Indígena, parceiros interministeriais, Secretaria Extraordinária dos Jogos Indígenas e imprensa. 

Divulgação
ABR4_2L_OL2LFOT-J_WEB
Realizadores
O Mundial é uma parceria entre o Ministério do Esporte, o Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC) e a Prefeitura de Palmas. A competição ocorrerá entre 20 de outubro a 1º de novembro.

Foto de Jogos Mundiais Dos Povos Indigenas.

Primeiro Torneio Nacional de Pesca Esportiva acontece sábado e domingo em Palmas


A cidade de Palmas receberá neste sábado (27) e domingo( 28), de junho mais de 300 participantes durante a disputa do 1º Torneio Nacional de Pesca Esportiva.  A competição será realizada em dois dias, na Praia da Graciosa, na Capital, e a premiação total será de R$ 70 mil. As inscrições serão iniciadas a partir desta sexta-feira. Serão disputadas as categorias embarcação motorizada e caiaque. Para se inscrever na categoria motorizada, o valor será de R$ 270,00 e caiaque, R$ 90,00.
Inscrições

Para a categoria “embarcação motorizada”, o valor da inscrição é de R$ 270,00 (duzentos e setenta reais). Já a categoria “caiaque” o valor da inscrição nesta modalidade é de R$ 90,00 (noventa reais). Os interessados em participar do torneio devem enviar email solicitando a inscrição para o endereço de email contato.pescapalmas@gmail.com. A inscrição apenas será confirmada mediante comprovação de pagamento através de depósito ou transferência bancária.


Premiação
Serão premiados com troféus e brindes surpresa o 1º ao 10º colocado da categoria “embarcação motorizada”, e todos os inscritos nesta categoria concorrerão a um barco Quest 268, com motor Yamaha de 90 HP (4 tempos + carreta Odone). Já na categoria “caiaque” serão premiados com troféus e brindes surpresa os primeiros cinco colocados, e todos inscritos na modalidade concorrerão a um caiaque “brudden hunter fish”.

  
Serviço
O que: do 1º Torneio Nacional de Pesca Esportiva
Quando: Dias 27 e 28 de junho
Onde: Praia da Graciosa
Categorias: Embarcação motorizada e Caiaque
Premiação: R$ 70 mil

Fase final coletiva dos Jets começa hoje na Capital


Fotos: Adilvan Nogueira/Seduc Tocantins/Divulgação

Com a disputa das competições coletivas de futsal, handebol, voleibol e basquetebol, começa hoje (25) e vai até o próximo domingo, em Palmas, a fase final da 25ª edição dos Jogos Estudantis do Tocantins (Jets) e a 2ª dos Jogos Paradesportivos Estudantis do Tocantins (Parajets).
Ontem à noite foi realizada a cerimônia de abertura no ginásio poliesportivo do Colégio São Francisco, em Palmas, e contou com a presença das 14 delegações formadas por 1.074 alunos/atletas de 12 a 14 anos. 


Segundo a Secretaria da Educação e Cultura do Tocantins (Seduc), durante o evento, foram realizadas várias apresentações culturais. A tocha olímpica foi levada pelo para-atleta do tênis de mesa, Gabriel Camilo Dias, do Colégio Estadual Orquelina Torres, de Guaraí, e pelo jogador de futsal, Lucas dos Santos Françoso, da Escola Estadual Novo Horizonte.

De acordo com o secretário Adão Francisco de Oliveira, que fez a abertura oficial dos jogos nesta noite, o desporto escolar vai muito além das competições, pois deve incentivar entre os alunos o espírito coletivo. Além disso, para o gestor, a prática esportiva é uma importante aliada na construção de políticas públicas voltadas para a educação integral e humanizada. “Temos sempre a preocupação de garantir que as atividades físicas estejam presentes na formação humana dos alunos. E isto é fundamental para a nossa proposta para a educação do Estado do Tocantins”, destacou.
 Jets
Até o próximo domingo, 28, os alunos/atletas disputam partidas masculinas e femininas nas modalidades de futsal, handebol, basquetebol e voleibol. Os vencedores da final estadual dos Jets 2015 conquistam, além das medalhas, uma vaga para as disputas nacionais dos Jogos Escolares da Juventude, realizados, este ano, em Fortaleza / CE, em setembro. 
O secretário Adão Francisco de Oliveira destacou o espírito coletivo durante os Jets
Entre as apresentações culturais, o grupo de quadrilheiros animou a plateia
 
Para o professor Roni Mendes, o esporte tem o poder de promover a interação social entre os alunos
 
Rafael destacou que sua equipe de handebol está preparada para os jogos
 
Monique disse que o time de futsal de Tupiratins veio a Palmas para buscar a vitória nos jogos

Tocantins é destaque no lançamento oficial dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas

Jaciara França/Representação em Brasília
  • Foto por: Divulgação
    Secretário Estadual do Esporte, Salim Milhomem, durante lançamento oficial dos Jogos Mundiais Indígenas
    Secretário Estadual do Esporte, Salim Milhomem, durante lançamento oficial dos Jogos Mundiais Indígenas
Em outubro, o Tocantins sediará os Jogos Mundiais dos Povos Indígenas e o Estado foi destaque no lançamento oficial do evento, que aconteceu nesta terça-feira, 23, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. A governadora em exercício, Claudia Lelis, acompanhada por secretários de Estado,  prestigiou o evento. 
Diante de autoridades e representantes indígenas nacionais e internacionais, a governadora teve a oportunidade de enfatizar o compromisso do governador Marcelo Miranda com a preservação da cultura indígena. "O que as comunidades indígenas enfrentam hoje não é a luta pela preservação da terra, mas a luta pela preservação da identidade cultural.  É preciso que cuidemos dos índios como cidadãos com direito a educação, esporte e novas tecnologias sem que isso represente aculturação", destacou, em seu discurso. 
A presidente Dilma Rousseff garantiu que irá fazer a abertura oficial do evento, em Palmas, em 20 de outubro. A presidente elogiou o empenho do Governo do Tocantins para a realização do evento e reforçou a parceria do governo federal. "Nós somos parceiros e vamos enfrentar todos os desafios para realizar com sucesso os Jogos Mundiais Indígenas. Eu estarei presente", afirmou a presidenta. 
O evento contou com apresentações culturais indígenas e participação especial da cantora, descendentes de negros e índios, Margaret Menezes. Os secretários das pastas envolvidas na organização dos jogos prestigiaram a cerimônia: secretário de Governo, Herbert Brito; do Esporte, Lazer e Juventude, Salim Milhomem; da Educação, Adão Francisco; da Cultura, Melck Aquino; da Segurança Pública, César Simoni; da Representação do Estado em Brasília, Renato de Assunção; e o chefe da Casa Militar, Coronel Bonfim.

Bienvenida al selecto club de los 70


Denia deberá ganar centímetros si logra optimizar el trabajo con los apoyos en el último momento del giro.  Foto: Ricardo López Hevia

La villaclareña se convirtió en la tercera cubana capaz de superar la mítica cota, detrás de Hilda Elisa Ramos (70.88) y Maritza Martén (70.68)

Autor:  | harold@granma.cu
Denia Caballero, nacida el 13 de enero de 1990, pudo haber sido una jabalinista estelar. Digna heredera de María Caridad Colón y Osleydis Menéndez. De hecho, a sus 18 años, cuando llevó el dardo hasta 52.10 metros su físico era muy similar al de Colón en Moscú 1980.
Justo entonces decidió volcar la potencia de toda esa madeja de músculos hacia el disco, y al menos hasta ahora recordará el sábado 20 de julio de este año y la localidad española de Bilbao como el instante en que se coló en el selecto club de las discóbolas de 70 metros.
Exactamente 70.65 alcanzó su disparo en el segundo intento de una secuencia (65.88, 70.65, 63.50, 64.74, x, 64.92) otra muestra sólida de estabilidad. Además, pasó súbitamente a encabezar el ranking mundial de la temporada, y lanzó una alerta a la fenomenal croata Sandra Perkovic (70.08) de sus pretensiones en el Mundial de Beijing (22-30 de agosto), la villaclareña se convirtió en la tercera cubana capaz de superar la mítica cota, detrás de Hilda Elisa Ramos (70.88) y Maritza Martén (70.68).
Con 1.76 metros de estatura y 81 kilogramos de peso, la doble finalista universal y bronce de los Panamericanos de Guadalajara 2011 expresó vía electrónica:
“En la competencia había buen clima y simplemente aproveché el ligero aire a favor. En los disparos de calentamiento me preocupaba el círculo, no tiene las mejores condiciones. Este año creo que saldaré algunas deudas conmigo, con la confianza de mi entrenador Raúl Calderón, con Cuba. Ya era hora de materializar más de ocho años de trabajo juntos en el equipo nacional.
“Trabajé mucho mejor técnicamente, aunque aún no me estoy moviendo como siempre, porque esta semana es que empieza a notarse el rigor de la etapa especial. Además, me siento muy rápida y eso me ha imposibilitado todavía coordinar al máximo la primera parte del movimiento de giro con la segunda, especialmente en lo relacionado a la postura idónea en la secuencia”, concluyó.
Denia, quien competirá nuevamente este viernes en Turku, Finlandia, atesora en el 2015 una decena de envíos superiores a 65 metros. Se le ve segura psicológicamente en cada confrontación, independientemente de las rivales.
De cara a Toronto, ella y la santiaguera Yaimé Pérez (66.23) se perfilan como serias candidatas a copar el podio. Como escollos fundamentales en su camino se encuentran las estadounidenses Ashley Whitney (64.80), Shelbi Vaughan (64.52 este año) y Gia Lewis-Smallwood (69.17 de tope personal).