quinta-feira, 2 de julho de 2015

Palmas vai ganhar CT de Desenvolvimento de vôlei


Palmas ganhará um centro de desenvolvimento Estadual de vôlei, na Praia das Arnos. A informação foi repassada pelo diretor de Desenvolvimento da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), Renato D´Avila e confirmada pelo presidente da Federação Tocantinense de Vôlei (FTV), Ricardo Abalem durante entrevista ao programa CBN Tocantins Esportes.

Segundo Abalem, o centro faz parte de um projeto nacional de integração do voleibol, onde a proposta da CBV é a construção de 27 centros, um em cada Estado visando criar uma rede que irá interligar o sistema de treinamento dos estados ao centro de Saquarema, Rio de Janeiro. “Isso vai oportunizar a integração de informações técnicas entre as seleções estaduais e nacionais”, explicou o presidente, dizendo que o Tocantins será o primeiro a receber no País.

A negociação entre a CBV e o Ministério do Esporte teve início em 2013. No ano passado a FTV concluiu toda a documentação solicitada e o processo está devidamente protocolizado no Ministério do Esporte, aguardando a liberação dos recursos. “O secretário estadual do Esporte, Lazer e Juventude, Salim Milhomem, já enviou ofício ao ME solicitando atenção especial do ministro para o pedido da FTV”, ressaltou Abalem, acrescentando ainda que o deputado federal Cesar Halum (PRB) deverá agendar em agosto uma audiência com o ministro do Esporte, George Hilton, para agilizar o processo e solicitar a liberação dos recursos.

A-J_WEB
  
A obra, que está orçada em R$ 4 milhões, terá duas quadras internas para o vôlei indoor e cinco quadras externas para prática do vôlei de praia.
Segundo ele, o Estado já destinou uma área 56 mil metros quadrados ao lado da Praia das Arnos, via Secretaria do Esporte para a construção do projeto. “Este ano acreditamos que irá sair da burocracia para partimos para as obras”, comentou. A construção será viabilizada por meio de uma parceria entre o Ministério do Esporte, Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), governo do Estado e a Federação Tocantinense de Voleibol (FTV).


B-B_WEB

 DIRETOR
Renato D´Avila disse que a visita a Palmas serviu para conhecer o trabalho realizado pela FTV. Ele visitou algumas escolas e locais de práticas de voleibol, além de conversar com árbitros, professores de educação física e atletas.

Segundo ele, a partir do diagnóstico, irá elaborar projetos com parceiros (empresas e governos) para viabilizar iniciativas de desenvolvimento do vôlei no Estado.

 

Divulgação
FOT_HOR_2COL-B_WEB
Vsta interna das quadras de vôlei indoor

Karatecas tocantinenses disputam torneio na Argentina


Karatecas participam de competição internacional com o apoio do Governo do Estado


Secretário da Seelj, Salim Milhomem e Diretor de Esportes e Lazer Alfredo Sosa Zamora, com familiares dos atletas tocantinenses que vão ao Pan
Alcione Luz - http://esporte.to.gov.br/
Fotos: Secom
Cinco atletas tocantinenses vão representar o Tocantins no Pan-Americano de Karatê Interestilos, em Río Tercero-Córdoba, na Argentina, de 9 a 13 de julho. Ana Julya Siqueira Leite, 11 anos, Giovanna Faria de Brito, 15 anos (ambas de Palmas), Augusto Touguinha, 16 anos,Caio Fábio Lacerda, 15 anos, e Thiago Aurélio Coelho, 16 anos, de Araguaína, viajam neste fim de semana, com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Seelj). 
Nesta terça-feira, 30, quatro dos cinco atletas visitaram o secretário da Seelj, Salim Milhomem, acompanhados de familiares. Na próxima semana, a delegação tocantinense se junta à seleção brasileira para o torneio internacional. 
Disputar uma competição fora do País será novidade para os adolescentes, já as meninas já estão acostumadas a encarar desafio internacional. Ana Julya, faixa laranja, está no esporte desde os 5 anos e ano passado foi campeã em Las Vegas, nos Estados Unidos. Giovanna Faria, tetracampeã brasileira, conquistou medalha de prata no Mundial, também em 2014. 
A participação no Pan-Americano fez Fábio Lacerda intensificar a rotina de treinamento. “Tive que aumentar as horas de treinos e estender para toda a semana. Antes, eram apenas três vezes. Nessa reta final de preparação foram incluídos fins de semana, feriados, treinos à noite, intercâmbio com a equipe de Palmas. Esforço que espero ser compensado com medalha”, destacou o atleta.