quarta-feira, 6 de julho de 2016

Brasileiros treinam no exterior para os Jogos do Rio 2016

05|07|2016 - 12:07 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo




Wagner Domingos, o Montanha (Wagner Carmo/CBAt)

São Paulo - Na reta final de preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que serão disputados em agosto, 10 atletas convocados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) seguem para Campings Internacionais Caixa no Exterior, conforme os vários Programas administrados pela Superintendência de Alto Rendimento da CBAt.

Nesta terça-feira (dia 5), seguem para Paipa, na Colômbia, para treinamento em altitude até o dia 8 de agosto, o maratonista Solonei Rocha da Silva, e os meio-fundistas Thiago do Rosário André (1.500 m) e Lutimar Paes (800 m).

O casal Marilson Gomes dos Santos (maratona) e Juliana Paula dos Santos (3.000 m com obstáculos) treinarão na mesma cidade até o próximo dia 27.

Ainda nesta terça-feira Wagner Domingos, o Montanha, recordista sul-americano do lançamento do martelo, vai para Zagreb, na Croácia, onde ficará até o dia 3 de agosto, sob orientação do esloveno Vladimir Kevo. Montanha ocupa a quarta colocação no Ranking Mundial da IAAF.

Quatro marchadores já viajaram no domingo (dia 3). Erica Rocha de Sena foi para a Europa e treinará na altitude de Font Romel, na França, com o marido, técnico e atleta equatoriano Andrés Chocho, até o dia 14 de agosto. Ela também está na quarta posição no Ranking da IAAF - nos 20 km.

Já Caio Bonfim, José Alessandro Bagio e Cisiane Dutra Lopes treinarão até o dia 27 de julho na altitude de Flagstaff, nos Estados Unidos. Os atletas terão o apoio da treinadora Gianetti Bonfim e da fisioterapeuta Flavia de Souza Faria.

O presidente da CBAt José Antonio Martins Fernandes, o Toninho, lembra que a Confederação está fazendo todo o esforço para dar as melhores condições de treinamento aos atletas com vistas aos Jogos Olímpicos. O primeiro objetivo, segundo ele, foi alcançado ao formar a maior delegação da história, com 66 atletas convocados. "A primeira meta foi obtida. Agora é colocar o maior número de brasileiros em finais e depois pensar em pódio", disse Toninho Fernandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário