segunda-feira, 4 de julho de 2016

Fabiana bate recorde do salto com vara no Troféu Brasil de Atletismo


Fabiana Murer, após vencer a prova. (Wagner Carmo/CBAt)

Da Assessoria de Imprensa da CBAt/Troféu Brasil Caixa de Atletismo


São Bernardo do Campo - No último dia do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2016, neste domingo (3/7), um desfile de grandes resultados. Primeiro, Fabiana Murer (BM&FBovespa) venceu o salto com vara com 4,87 m.


Com isso, alcançou a meta de melhorar sua marca na temporada, que era 4,70m, superou novamente o índice olímpico (4,50 m) e melhorou seu antigo recorde sul-americano, que era 5,85. "Foi melhor que o esperado", disse a atleta, que disputará sua terceira Olimpíada no Rio de Janeiro.

Na mesma prova, Joana Ribeiro da Costa (Pinheiros) alcançou o índice olímpico, ao saltar exatamente a marca de corte (4,50 m), aos 35 anos. "Tenho de avisar que não poderei ser voluntária no Rio 2016", disse, feliz, a uma colega.

Também brilhou Jorge Vides (Brasil Foods/ILF), que venceu os 200 m com 20.40 e superou em 10 centésimos o índice olímpico. "Tinha esperança de fazer o índice (20.50)", lembrou o velocista. O segundo colocado, Vitor Hugo dos Santos (BM&FBovespa), fez 20.50 e também se qualificou (ele já tinha índice nos 100 m).

No triplo feminino, Nubia Soares (BM&FBovespa) saltou 14,17 m e fez índice para os Jogos do Rio 2016, com dois centímetros de folga (14,15 m). Nos 200 m feminino, Kauiza Venâncio (Pinheiros) venceu 22.93 e confirmou o índice olímpico.



Nenhum comentário:

Postar um comentário