quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Com hérnia cervical, Fabiana Murer faz tratamento para competir

Na noite desta quinta-feira, a campeã mundial e sul-americana do salto com vara, Fabiana Murer, anunciou através de sua rede social que vem tratando uma lesão na coluna a pouco mais de duas semanas, mas que segue firme para participar dos Jogos Olímpicos do Rio.


Fabiana Murer é um dos principais nomes do atletismo brasileiro
Foto: Wagner Carmo / CBAt

"Depois da competição de Mônaco (15 de julho) senti uma dor muito forte no pescoço, tratei intensamente para poder competir em Londres, mas no aquecimento senti fraqueza no braço e não tinha confiança para saltar. Assim que cheguei no Brasil fiz uma ressonância magnética e levei um susto com o resultado. Hérnia de disco cervical, que explicava todos os meus sintomas. O meu médico me tranquilizou e disse que eu poderia me recuperar a tempo para competir nas Olimpíadas.

Estou em um trabalho intenso de fisioterapia (2x por dia), e treinando muito bem. Já fiz até um treino de salto completo. Estou evoluindo rapidamente e estou me dedicando ao máximo para chegar 100% nas Olimpíadas", afirmou Murer.

Ouro no Pan-Americano do Rio, em 2007, e nos mundiais de 2010 (Doha, pista coberta) e 2011 (Daegu), Fabiana também é dona dos recordes brasileiro e sul-americano do salto com vara, com 4,87m ao ar livre e 4,83m em pista coberta.

Uma das favoritas à medalha de ouro em Pequim 2008, quando estava em seu auge, Fabiana Murer viu as chances de vitória sumirem junto a suas varas, que desapareceram na competição. Em Londres 2012, a brasileira sequer passou da fase de classificação.

Gazeta Esportiva



Nenhum comentário:

Postar um comentário