terça-feira, 9 de agosto de 2016

“Sou um velocista e um animador”, afirma Usain Bolt

O jamaicano conversou com a imprensa nessa segunda-feira

Por Alexandre Koda | 08/08/2016 - Atualizada às 20:07

O astro jamaicano Usain Bolt, conversou com os jornalistas na tarde dessa segunda-feira (08) no Rio de Janeiro, para falar sobre suas expectativas para as provas de atletismo. Com o humor e irreverência que lhe são peculiares, ele afirma que se considera tanto um velocista quanto um animador. “Gosto de fazer coisas diferentes, esse sou eu”.
Essa pode ser a última participação dele em Olimpíadas, então a expectativa é para um grande resultado, como um novo recorde mundial, por exemplo. “Quero muito baixar essa marca dos 200m (19seg19, Berlim 2009), mas será complicado dessa vez. Sofri uma lesão durante as seletivas mês passado e tive pouco tempo de treino”, relata o também recordista olímpico com 19seg30 (Londres 2012).
Bolt se considera também um animador. Foto: Alexandre Koda/ WebrunBolt se considera também um animador. Foto: Alexandre Koda/ Webrun
Ao fazer um balanço sobre sua carreira, ele se diz feliz por ter feito as escolhas certas ao longo do tempo, principalmente o fato de não ter se envolvido com doping. “Eu realmente vou sentir falta de tudo isso”. Sobre sua experiência na Cidade Maravilhosa ele elogiou bastante a atenção das pessoas e a estrutura, mas faz uma reclamação. “O único problema até agora é que não consegui comprar uma TV. Disseram que teríamos uma no quarto, mas se passaram dois dias e nada”, lembra Bolt que divide a acomodação da Vila Olímpica com o também jamaicano Asafa Powell. “Sou um ótimo colega de quarto”, brinca.
Multicampeão olímpico e mundial, além de recordista mundial dos 100m, 200m e do revezamento 4x100m, ele fala sobre o que o atletismo representa para ele. “É a minha vida. Adoro inspirar as pessoas. Eu nunca imaginei que seria o homem mais rápido do mundo e nem recordista mundial, então nunca deixem as pessoas dizerem que você não pode fazer algo”.
Bolt caiu no samba (ou pelo menos tentou). Foto: Alexandre Koda/ WebrunBolt caiu no samba (ou pelo menos tentou). Foto: Alexandre Koda/ Webrun
Ao final da conversa, Bolt tirou uma selfie com os quase 500 jornalistas presentes e ainda arriscou uns passos ao som da bateria de uma escola de samba. A primeira prova com participação do jamaicano será no dia 13 agosto no Engenhão, a partir das 9h30 durante as preliminares dos 100m rasos. Ele também estará nos 200m e no Revezamento 4x100m.

Nenhum comentário:

Postar um comentário