quarta-feira, 6 de julho de 2016

Lesionado, Bolt vira dúvida para as Olimpíadas Rio 2016

Velocista jamaicano foi diagnosticado com um estiramento de grau 1 na coxa esquerda

Por Denise Duarte | 03/07/2016 - Atualizada às 19:57


Bolt coleciona seis medalhas de ouro olímpicas. Foto: Deelovely 67/Creative Commons

Nesta última sexta-feira (01/07), o jamaicano Usain Bolt, de 29 anos, sentiu fortes dores na coxa esquerda e teve que abandonar a final dos 100m da seletiva para a Rio 2016, realizada em Kingston, na Jamaica.

Segundo o jornal Jamaica Gleaner, o homem mais rápido do mundo foi diagnosticado com estiramento de grau 1. Inclusive, Bolt viaja nesta segunda-feira (04) para a Europa, onde será atendido pelo médico da seleção alemã de futebol Müller-Wohlfahrt.
Mesmo assim, o bicampeão olímpico ainda pode ser indicado pela Federação da Jamaica para participar das Olimpíadas, já que possui o segundo melhor tempo nos 100m, com 9seg88. Essa indicação também vale para os 200m, prova que Bolt correu para 19seg55 em Pequim 2015, já dentro da janela da IAAF.
De acordo com os critérios da federação jamaicana, o atleta precisa provar por meio de atestado médico que competir na seletiva poderia prejudicá-lo futuramente e também que estará recuperado da lesão até os Jogos Olímpicos. A entidade vai anunciar se indica ou não o Bolt na próxima quinta-feira (07/07).
Apesar do ocorrido, o jamaicano vai tentar participar do Meeting de Atletismo de Londres, que será realizado no dia 22 deste mês. Caso participe mesmo da Rio 2016, Bolt buscará o tricampeonato olímpico nas provas dos 100m, 200m e nos revezamentos da Jamaica.
Vale lembrar que o velocista já coleciona seis medalhas de ouro olímpicas (Pequim 2008 e Londres 2012, nos 100m, 200m e no revezamento 4x100m rasos).

CBAt convoca 66 atletas para a Olimpíada do Rio

03|07|2016 - 16:26 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo







Anúncio da convocação da seleção olímpica (Wagner Carmo/CBAt)

São Bernardo do Campo - Depois da disputa do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, encerrado no início da tarde deste domingo (dia 3), na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo (SP), a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) divulgou a lista dos 66 atletas convocados para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Serão 36 homens e 30 mulheres na maior delegação da história.

"Conseguimos o nosso primeiro objetivo, que era qualificar o maior número possível de atletas. Vamos continuar trabalhando para preparar da melhor maneira possível os atletas para a Olimpíada", disse Antonio Carlos Gomes, superintendente de Alto Rendimento da CBAt. "Outra vitória, com a parceria do Comitê Olímpico do Brasil (COB), foi inscrever 11 oficiais técnicos", comentou.

O maior número de atletas que já participaram de uma Olimpíada ocorreu em 1996, em Atlanta, quando o Brasil levou 42 representantes.

O presidente da CBAt José Antonio Martins Fernandes disse que apoia de todas as formas os atletas, inclusive atendendo os pedido de seus treinadores pessoais. "Isso permitiu que formássemos agora a nossa maior seleção olímpica", comentou.


Adriana Behar, representante do COB, participou da entrevista coletiva da divulgação da delegação olímpica, feita na Arena Caixa, local da disputa do Troféu Brasil. A tabulação foi feita no estádio e a novidade foi o fechamento dos integrantes dos revezamentos masculinos e femininos dos 4x100 e dos 4x400 m.







Fabiana Murer encabeça o ranking na modalidade Salto com Vara 



Os atletas convocados

Masculino
Vitor Hugo dos Santos (BM&FBovespa) - 100 m - 200 m - 4x100 m

Aldemir Gomes Junior (Vasco da Gama) - 200 m - 4x100 m
Jorge Henrique Vides (Brasil Foods/ILF) - 200 m - 4x100 m
Bruno Lins (CT Piauí) - 200 m (R) - 4x100 m
José Carlos Moreira (CT Piauí) - 4x100 m
Ricardo Mário de Souza (BM&FBovespa - 4x100 m
Hederson Estefani (Pinheiros) - 400 m - 400 m com barreiras - 4x400 m
Pedro Burmann (Sogipa) - 4x400 m
Hugo Balduino (BM&FBovespa) - 4x400 m
Peterson dos Santos (Pinheiros) 4x400 m
Lucas da Silva Carvalho (Orcampi Unimed) - 4x400 m
Alexander Russo (BM&FBovespa) - 4x400 m
Lutimar Paes (BM&FBovespa) - 800 m
Kleberson Davide (Pinheiros) - 800 m
Thiago André (BM&FBovespa) - 1.500 m 
João Vitor de Oliveira (Pinheiros) - 110 m c/barreiras
Eder Souza (Orcampi Unimed) - 110 m c/barreiras
Mahau Suguimati (GR Barueri) - 400 m c/barreiras
Marcio Teles (Orcampi Unimed) - 400 m com barreiras
Altobeli Silva (ASA São Bernardo) - 3.000 m c/obstáculos 
Talles Frederico Silva (Pinheiros) - salto em altura
Higor Silva Alves (GR Barueri) - salto em distância
Thiago Braz (Orcampi Unimed) - salto com vara 
Augusto Dutra de Oliveira (BM&FBovespa) - salto com vara
Darlan Romani (BM&FBovespa)- arremesso do peso
Wagner Domingos (BM&FBovespa) - lançamento do martelo
Julio Cesar de Oliveira (BM&FBovespa) - lançamento do dardo
Luiz Alberto de Araújo (BM&FBovespa) - decatlo
Caio Bonfim (CASO) - 20 km marcha - 50 km marcha
José Alessandro Bagio (AABLU) - 20 km marcha
Moacir Zimmermann (AABLU) - 20 km marcha
Jonathan Rieckman (AABLU) - 50 km marcha
Mário José dos Santos (BM&FBovespa) - 50 km marcha
Marilson Gomes dos Santos (BM&FBovespa) - maratona
Paulo Roberto de Almeida (LUASA) - maratona 
Solonei Rocha da Silva (Orcampi Unimed) - maratona 


Feminino
Rosangela Santos (Pinheiros) - 100 m - 200 m - 4x100 m

Ana Claudia Lemos - 100 m - 200 m (R) - 4x100 m
Franciela Krasucki (Pinheiros) - 100 m - 4x100 m
Vitória Cristina Rosa (EMFCA) - 200 m - 4x100 m
Kauiza Venâncio (Pinheiros) - 200 m - 4x100 m 
Bruna Farias (Pinheiros) - 4x100 m
Geisa Coutinho (Orcampi Unimed) - 400 m - 4x400 m
Jailma Lima (BM&FBovespa) - 400 m - 4x400 m
Tabata Vitorino (AA Maringá) - 4x400 m
Letícia Cherpe de Souza (BM&FBovespa) - 4x400 m
Joelma das Neves Sousa (Pinheirosw) - 4x400 m
Cristiane dos Santos Silva (APAAB) - 4x400 m
Flavia Maria de Lima (ASA São Bernardo) - 800 m
Tatiele Roberto de Carvalho (Orcampi Unimed) - 10.000 m
Fabiana Moraes (Pinheiros) - 100 m c/barreiras
Maila Paula Machado (EC Rezende) - 100 m c/barreiras
Juliana Paula dos Santos (BM&FBovespa) - 3.000 m c/obstáculos 
Fabiana Murer (BM&FBovespa) - salto com vara
Joana Ribeiro da Costa (Pinheiros) - salto com vara
Keila Costa (BM&FBovespa) - salto em distância - salto triplo
Eliane Martins (Pinheiros) - salto em distância
Nubia Aparecida Soares (BM&FBovespa) - salto triplo
Geisa Arcanjo (Pinheiros) - arremesso do peso 
Andressa Morais (Pinheiros) - lançamento do disco
Fernanda Borges (BM&FBovespa) - lançamento do disco
Erica Rocha de Sena (Orcampi Unimed) - 20 km marcha 
Cisiane Dutra Lopes (AASD) - 20 km marcha 
Adriana Aparecida da Silva (Pinheiros) - maratona 
Marily dos Santos (Veteranos) - maratona
Graciete Moreira Santana (Cruzeiro/Caixa) - maratona



Comissão técnica



Chefe - Warlindo Carneiro da Silva Filho

Treinador chefe - Ricardo DAngelo
Treinadores - Adauto Domingues, Carlos Cavalheiro, Clodoaldo do Carmo, Edmar Santos, Elson Miranda, Evandro Lazari, João Sena, João Paulo Alves da Cunha, Neilton Moura, Rogério do Carmo, Vitaly Petrov.
Médico - Warlindo Carneiro Neto
Fisioterapeutas - Rodrigo Iglesias e Marco Vitullo
Massoterapeuta - Jorge Antonio Lima

Brasileiros treinam no exterior para os Jogos do Rio 2016

05|07|2016 - 12:07 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo




Wagner Domingos, o Montanha (Wagner Carmo/CBAt)

São Paulo - Na reta final de preparação para os Jogos Olímpicos Rio 2016, que serão disputados em agosto, 10 atletas convocados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) seguem para Campings Internacionais Caixa no Exterior, conforme os vários Programas administrados pela Superintendência de Alto Rendimento da CBAt.

Nesta terça-feira (dia 5), seguem para Paipa, na Colômbia, para treinamento em altitude até o dia 8 de agosto, o maratonista Solonei Rocha da Silva, e os meio-fundistas Thiago do Rosário André (1.500 m) e Lutimar Paes (800 m).

O casal Marilson Gomes dos Santos (maratona) e Juliana Paula dos Santos (3.000 m com obstáculos) treinarão na mesma cidade até o próximo dia 27.

Ainda nesta terça-feira Wagner Domingos, o Montanha, recordista sul-americano do lançamento do martelo, vai para Zagreb, na Croácia, onde ficará até o dia 3 de agosto, sob orientação do esloveno Vladimir Kevo. Montanha ocupa a quarta colocação no Ranking Mundial da IAAF.

Quatro marchadores já viajaram no domingo (dia 3). Erica Rocha de Sena foi para a Europa e treinará na altitude de Font Romel, na França, com o marido, técnico e atleta equatoriano Andrés Chocho, até o dia 14 de agosto. Ela também está na quarta posição no Ranking da IAAF - nos 20 km.

Já Caio Bonfim, José Alessandro Bagio e Cisiane Dutra Lopes treinarão até o dia 27 de julho na altitude de Flagstaff, nos Estados Unidos. Os atletas terão o apoio da treinadora Gianetti Bonfim e da fisioterapeuta Flavia de Souza Faria.

O presidente da CBAt José Antonio Martins Fernandes, o Toninho, lembra que a Confederação está fazendo todo o esforço para dar as melhores condições de treinamento aos atletas com vistas aos Jogos Olímpicos. O primeiro objetivo, segundo ele, foi alcançado ao formar a maior delegação da história, com 66 atletas convocados. "A primeira meta foi obtida. Agora é colocar o maior número de brasileiros em finais e depois pensar em pódio", disse Toninho Fernandes.

Atletas da BM&FBovespa abrem o pregão da Bolsa em São Paulo

05|07|2016 - 18:40 | Da Assessoria de Imprensa da CBAt




Atletas da BM&FBovespa abrem o pregão da Bolsa (Divulgação)

São Paulo - Após o TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO, o Clube de Atletismo BM&FBOVESPA reuniu seus 20 atletas já convocados para o torneio olímpico pela Confederação Brasileira de Atletismo. Atletas da equipe tocaram a campainha que marca a abertura oficial da Bolsa de São Paul.


Entre os que estiveram presentes estava Fabiana Murer, que no TROFÉU BRASIL CAIXA DE ATLETISMO, encerrado no domingo, em São Bernardo do Campo, marcou 4,87 m (melhor resultado mundial da temporada). Outros atletas de ponta participaram, como Darlan Romani (arremesso do peso), Julio Cesar de Oliveira (lançamento do disco), Wagner Domingos (lançamento do martelo) e Marilson dos Santos (maratona).



O presidente da CBAt, José Antonio Martins Fernandes, o Toninho, prestigiou o evento, que teve como anfitrião o presidente da Bolsa, Edemir Pinto. Ele falou sobre o sucesso da equipe e o grande número de atletas que foram chamados para representar o País na Olimpíada: "Nada disso é por acaso, foi preciso muito trabalho para que esses atletas chegassem a esse nível", disse Edemir.