sábado, 10 de setembro de 2016

Rally dos Sertões define os campeões na Praia da Graciosa hoje


Serão conhecidos hoje (10), os campeões de cada categoria (carros, motos, quadris e UTVs) durante a disputa da sétima e última etapa da 24ª edição do Rally dos Sertões. A largada aconteceu em Ponte Alta e a chegada, está prevista por volta das 13 horas, do primeiro piloto de motos, na Praia da Graciosa. Ao todo serão 198 quilômetros entre as duas cidades. O final da especial será em Taquaruçu, na TO-030. Segundo a organização, dali, os carros, motos, quadris e UTVs seguem em deslocamento até a Praia da Graciosa.
A entrega de premiação acontecerá por volta das 21 horas, na casa de shows Villa Country. O evento contará com a presença do governador do Tocantins, Marcelo Miranda e de Goiás, Marconi Perillo, além dos organizadores e autoridades locais.
Nesta sexta-feira (9), aconteceu a maior etapa da especial do rali com 491 quilômetros de trecho cronometrado em pleno Jalapão, os competidores não puderam contar com a assistência dos mecânicos e equipes de apoio.
Com isso, na categoria motos, o piloto Jean Azevedo (Honda CRF 450X) foi o mais rápido pelo terceiro dia seguido. Seus companheiros de equipe o acompanharam no pódio da etapa, Tunico Maciel foi o segundo e Gregório Caselani o terceiro na classificação geral.
Ronaldo Imay piloto tocantinense categoria Over 45 – Foto Washington Luiz Secom
Tocantinense
O piloto tocantinense Ronaldo Imay, com sua moto KTM 450, segue na liderança da categoria Over 45, com cinco minutos de vantagem sobre o segundo colocado Marisergio F. Kons. O quinto colocado é o outro tocantinense, João Onofre Barros.
Piloto João Onofre de Palmas Foto Washington Luiz Secom.jpgPiloto João Onofre de Palmas Foto Washington Luiz Secom.jpg
Na etapa de ontem, Imay chegou em oitavo lugar no geral, enquanto João Onofre terminou na 18ª colocação.O piloto João Onofre subiu três posições na categoria Over 45, pulando de oitavo para a quinta colocação. Onofre estava satisfeito com o resultado de ontem dizendo que foi sua melhor participação até agora no rali. “Mesmo sentido muitas dores nas nádegas nos últimos dois dias consegui chegar bem em Ponte Alta e agora é só tentar beliscar um pódio”, aposta o piloto tocantinense que disse ter cumprido vários objetivos, entre eles, de chegar no final do rali sem sofrer nenhum acidente e ainda poder sonhar com um troféu. “Agora é ter juízo e saber levar o equipamento até a Praia da Graciosa”, finalizou o piloto natural de Porto Nacional.
O Rally dos Sertões 2016 foi composto por um roteiro de 3.143 quilômetros para a modalidade de rali de regularidade, sendo 928,29 quilômetros de especiais. Ao todo participam deste edição, 146 veículos, sendo 53 carros, 47 motos, 14 quadriciclos e 32 UTVs. A largada aconteceu em Goiânia (GO) no domingo (4), e após passar por Goiás e Bahia, chegará a Palmas, neste sábado (10), concluindo sete etapas disputadas e pela primeira vez fazendo a entrega de premiação em solo tocantinense. Das 24 edições, esta é a 15ª vez que a caravana do Rally dos Sertões passa pelo Estado, anteriormente, a competição passou pelo Tocantins nos anos de 1998/99/2000/01/03/04/05/06/07/09/10/11/12/13.
O Tocantins esteve representado por três pilotos, João Onofre Barros, Ronaldo Imay (ambos categoria Over 45) e Guilherme Viana (categoria Marathon), este último sofreu um acidente na etapa do dia 5 de setembro, entre Padre Bernardo e Cavalcante, e teve sua moto furtada e acabou abandonando a competição.
Classificação Categoria Over 45
1º Ronaldo Imay (TO)
2º Marisergio F.Kons
5º João Onofre (TO)
Programação
13h00 – Chegada na Praia da Graciosa
21h00 – Início da Cerimônia de Premiação e Festa de Encerramento
Local: Villa Country, em Palmas

Sem patrocínio, João Vieira representa o Tocantins no automobilismo europeu


João Vieira conduz o carro 97 durante corrida na Itália - Foto F4 Media/Divulgação
O piloto brasileiro João Vieira voltará a acelerar nesse fim de semana no Campeonato Italiano de Fórmula 4, que cumprirá a quinta rodada tripla em Vallelunga. Em sexto lugar na classificação geral, ainda tem chances de buscar o título, apesar de correr sem patrocínio e, consequentemente, sem ter o melhor equipamento. 
Sua dedicação tem sido reconhecida por muitos profissionais do automobilismo, uma vez que seu perfil é diferente dos garotos de sua idade que formam o grid da categoria, sempre acima de 30 pilotos. O caráter mundial do Italiano de Fórmula 4 é evidenciado pela presença de pilotos de 12 países e muitos deles aproveitaram os quase dois meses entre as rodadas quatro e cinco para visitar as famílias e aproveitar as férias de verão. No caso de João, porém, a rotina foi totalmente outra. 
O brasileiro é membro da equipe dentro e fora das pistas, pois quando não está pilotando, trabalha como assistente dos mecânicos. Isso significar trabalhar de segunda a sexta na sede da Antonelli Motorsport e, inclusive, trabalhou em Spa (Bélgica), durante a participação na equipe na prova de 24 Horas para carros GT. 
Nos dias que antecederam à viagem para Vallelunga, João participou ativamente de todo o processo de montagem de seu Tatuus FA T014 Abarth #97. Já na pista, coube a ele colocar todos os adesivos na carenagem predominantemente branca, com complemento em verde e detalhes em preto. 
Apesar de esse trabalho de João ter como objetivo minimizar os custos em função da falta de patrocínio, o piloto encara como uma oportunidade bastante positiva. “O fato de estar aqui trabalhando como todo mundo, e não apenas pilotando, tem ajudado a ampliar o meu conhecimento técnico e entender o automobilismo de forma mais abrangente”, disse o tocantinense, que reforça diariamente a máxima de transformar “limão em limonada”.
Américo Teixeira Junior

Nadador tocantinense é bronze nas Paralimpíada do Rio 2016


Esta é a segunda participação de Ítalo, nas Paralimpíada


tocantinense de Porto Nacional, Ítalo Gomes Pereira Lima, conquistou a medalha de bronze – Foto: CPB
O tocantinense de Porto Nacional, Ítalo Gomes Pereira Lima, conquistou há pouco, a medalha de bronze durante a disputa do 100 metros costas, na Classe: S7, na Paralimppiada do Rio-2016. Pela manhã, o nadador já havia feito a melhor marca em sua bateria e garantido a classificação para final. Italo completou a prova em 1m12s48. O ouro ficou com o ucraniano Ievgenii Bogodaiko (1m10s55), e a prata foi para o britânico Jonathan Fox (1m10s78).
Esta é a segunda participação de Ítalo, nas Paralimpíada. A primeira foi em Londres 2012, com apenas 16 anos. Na Inglaterra, participou das provas dos 100 metros costas e 400 metros livre, na classe S7, mas não chegou às finais.

Cuba debuta hoy frente Egipto en Mundial de Fútsal

Esta es la quinta presentación del fútsal cubano en Mundiales de esta disciplina
La selección cubana de fútsal enfrentará este sábado al subcampeón africano Egipto, al debutar por el grupo B en la Copa del Mundo con sede en varias ciudades de Colombia, informa ACN.
Las acciones de esta llave se disputarán en el Coliseo Iván de Bedout, donde los alumnos del técnico capitalino Clemente Reynoso también verán sobre el tabloncillo a las escuadras de  Tailandia y Rusia.
Para esta cita del orbe, los cubanos efectuaron 13 encuentros amistosos, en una gira de preparación durante los meses de julio y agosto, contra las selecciones nacionales y clubes de Chile, Guatemala y Argentina, donde vieron un fútbol de mayor nivel y el grupo se cohesionó más.  El fútsal cubano intervino en cuatro Copas del Mundo consecutivas: España 1996, Guatemala 2000, Taipei de China 2004 y Brasil 2008, pero no clasificó para Tailandia 2012.
Según  las alineaciones abridoras empleadas por Reynoso en esa gira de julio y agosto, Brenneth Suárez podría ser el portero hoy contra los faraones, en tanto Ronald Egozcue fungiría como cierre.   Además, Sandy Domínguez sería el ala, Karel Mariño estaría como ala cierre y Jhonnet Stalin abriría en rol de pívot.