segunda-feira, 12 de junho de 2017

Thiago André e Nubia Soares brilham no Troféu Brasil Caixa de Atletismo

11|06|2017 - 18:16 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo


Thiago André e Nubia Soares: os melhores do Troféu Brasil (Wagner Carmo/CBAt)

São Bernardo do Campo - Depois de vencer os 1.500 m na manhã de sábado, Thiago do Rosário André (B3 Atletismo) ganhou na tarde deste domingo (11) os 800 m, com 1:44.81, e garantiu-se como um dos destaques do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, encerrado na Arena Caixa, em São Bernardo do Campo, com vitória do Pinheiros. Aos 21 anos, o corredor fluminense está qualificado para as duas provas para o Campeonato Mundial de Londres, em agosto.

"Não acredito nesse resultado. Fiz os primeiros 400 m em 51s e o normal era esperar algo em torno de 1:45.Estou muito feliz", comentou o atleta, sentado na área dos atletas, cansado pelo esforço. "Tinha 1:45.65 como melhor resultado e isso é uma recompensa por todo o sacrifício feito", prosseguiu. "O objetivo é fazer algumas provas na Europa antes do Mundial para ganhar mais ritmo de corrida", completou.

No salto triplo, Nubia Aparecida Soares e Tania Ferreira da Silva (ambas da B3) alcançaram o índice para o Mundial. Nubia, na verdade, ratificou a marca, com 14,56 m (0.8), 4º melhor resultado do mundo de 2017. Já Tania saltou 14,13 m (2.0). O índice exigido pela IAAF é de 14,10 m.

"Estou me sentindo confiante e os resultados estão saindo. Quero muito chegar à final do Mundial e brigar por um bom resultado", comentou Nubia. Tania também era só felicidade. Conseguiu uma prova "excelente". "Obtive os meus cinco melhores saltos do ano no Troféu Brasil. Isso é muito gratificante", lembrou.

No salto com vara, o campeão olímpico Thiago Braz da Silva (Pinheiros) e o campeão do GP Brasil Caixa Augusto Dutra (Orcampi Unimed) empataram em primeiro lugar na competição, com a marca de 5,52 m. Os dois passaram a altura na segunda tentativa e depois não superaram 5,62 m.

"Senti uma dor na panturrilha direita logo no primeiro salto e só continuei para somar pontos para o Pinheiros. Tenho certeza de que não é nada grave, mas só fiz uma tentativa a 5,62 m", contou o ganhador da medalha de ouro no Rio 2016. Nesta segunda-feira (12), ele viaja de volta para a Itália, onde retomará os treinamentos com o ucraniano Vitaly Petrov. "Quero muito uma medalha no Mundial de Londres. Esse é meu grande objetivo", disse.

Já Augusto garantiu estar tranquilo. "Faltaram acertar detalhes técnicos. Tenho tempo ainda de buscar o índice para o Mundial nas próximas semanas", observou.

Os melhores do evento
O fluminense Thiago do Rosário André e a mineira Nubia Aparecida Soares, atletas da B3 Atletismo, foram eleitos os melhores atletas do Troféu Brasil Caixa de Atletismo 2017. Thiago venceu os 800 e os 1.500 m. "Estou muito com o reconhecimento", observou.

Nubia, além de vencer o salto triplo com a melhor marca da carreira, conquistou ainda a medalha de bronze no salto em distância, com 6,33 m. "Foi minha competição perfeita. Não é sempre que você consegue o melhor resultado pessoal nas suas duas provas", comemorou.

Pódio 6ª etapa - domingo tarde

Salto com vara
1º Thiago Braz da Silva (Pinheiros) 5,52 m
1º Augusto Dutra (Orcampi Unimed) 5,52 m
3º Fabio Gomes da Silva (Guarulhos) 5,37 m

Salto triplo
1º Nubia Aparecida Soares (B3 Atletismo) 14,56 m (0.8) - IM
2º Tania Ferreira Silva (B3 Atletismo) 14,13 m (2.0) - IM
3º Keila Costa (Orcampi Unimed) 13,58 m (3.0)

Salto em altura
1º Fernando Carvalho Ferreira (B3 Atletismo) 2,25 m
2º Talles Frederico Silva (Pinheiros) 2,15 m
3º Rafel Uchona (EC Rezende) 2,15 m 

110 m com barreiras (0.8)
1º Eder Souza (Orcampi Unimed) 13.47 - IM
2º Eduardo de Deus (Orcampi Unimed) 13.51
3º Gabriel Constantino (Orcampi Unimed) 13.63

Lançamento do disco
1º Felipe Lorenzon (B3 Atletismo) 57,97 m
2º Cleverson Pereira Oliveira (Orcampi Unimed) 56,66 m
3º Ronald Odair Julião (B3 Atletismo) 55,24 m

800 m
1º Maria Aparecida Ferraz (LUASA) 16:31.98
2º Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi Unimed) 16:32.55
3º Jenifer do Nascimento Silva (Pinheiros) 16:32.60

5.000 m
1º Maria Aparecida Ferraz (LUASA) 16:31.98
2º Tatiele Roberta de Carvalho (Orcampi Unimed) 16:32.55
3º Jenifer do Nascimento Silva (Pinheiros) 16:32.60

5.000 m
1º Altobeli Santos da Silva (Pinheiros) 13:46.72
2º Rafael Santos de Novais (Pinheiros) 14:22.11
3º Jean Carlos Machado (Pinheiros) 14:22.19

4x400 m feminino
1º B3 Atletismo - 3:35.45
2º Pinheiros - 3:39.07
3º Orcampi Unimed - 3:43.05

4x400 m masculino
1º Pinheiros - 3:07.43
2º Orcampi Unimed - 3:09.16
3º ASA São Bernardo - 3:13.58

IM - Índice Campeonato Mundial Londres 2012

Recordes do campeonato
Aldemir Gomes - 200 m
Mariana Marcelino - Lançamento do martelo
Caio Bonfim - 20 km marcha
Altobeli Silva - 3.000 m com obstáculos
Márcio Teles - 400 m com barreiras

Recorde brasileiro
Mariana Marcelino - Lançamento do martelo

Recorde Sul-Americano Sub-20
Paulo André de Oliveira - 100 m
Daniel do Nascimento - 10.000 m

Índices Campeonato Mundial
Rosangela Santos - 100 m e 200 m
Vitória Rosa - 100 m e 200 m
Aldemir Gomes - 200 m
Geisa Coutinho - 400 m
Eder Souza - 110 m com barreiras
Thiago André - 800 m
Nubia Soares - Salto triplo
Tania Silva - Salto Triplo
Caio Bonfim - 20 km marcha
Darlan Romani - Arremesso do peso
Altobeli Silva - 3.000 m com obstáculos
Laila Ferrer - Lançamento do dado
Márcio Teles - 400 m com barreiras
Hederson Estefani - 400 m com barreiras
Geisa Arcanjo - Arremesso do peso

O Troféu Brasil fez parte do Programa Caixa de Competições, é organizado pela CBAt e FPA, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Prefeitura de São Bernardo do Campo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário