quinta-feira, 20 de julho de 2017

Por onde anda o professor Hans Gert Rottmann que fez muitos amigos no Esporte Tocantinense

Reinaldo Cisterna - http://aloesporte.com.br/
20 de julho de 2017
professor Hans Gert Rottmann (Gert) - Divulgação/Arquivo Pessoal
Por onda anda o professor Hans Gert Rottmann (Gert), que muito contribuiu para o engrandecimento do vôlei tocantinense. Gert deixou Palmas há cerca de 10 anos, mas deixou muitos amigos na capital tocantinense, em especial os amantes da modalidade de vôlei. Vale destacar que Gert se identificou mais com a modalidade que ele praticava, mas também ajudou em outras modalidades esportivas tocantinense. Claro que sabemos onde anda o profissional, mas vamos contar sua bela história em solo tocantinense e ressalta que está bem no Sul, mas se um dia tiver que retornar ao Tocantins virá com o maior prazer e carinho.
Tudo começou assim…
Em julho de 2000, quando Hans Gert Rottmann se programava para uma temporada de estudos na Alemanha, recebia também um convite para comandar as equipes de vôlei da ULBRA/TO e ajudar no desenvolvimento do curso de educação física, recém criado na universidade. Gert aceitou o desafio, e sem imaginar, ajudou a construir parte da história do esporte do Tocantins, marcando uma época vitoriosa para aquela instituição.
Técnico de voleibol, atleta, professor e coordenador de esportes do CEULP/ULBRA, Gert esteve à frente de equipes e projetos que marcaram fortemente o cenário esportivo naquele período.


Disciplina
Com um perfil ligado a disciplina, superação e muito treinamento, Gert levou a equipe de voleibol masculino do CEULP/ULBRA a uma hegemonia de cinco anos no estado, conquistando o pentacampeonato estadual de clubes e outros inúmeros títulos. Com esta equipe representou o estado na Copa Norte Nordeste de voleibol no Pará e ainda esteve nos Jogos Universitários Brasileiros em São Paulo e Blumenau SC, enfrentando de igual para igual equipes de todo país. Atuando no comando da equipe e por vezes jogando também, Gert lembra que o conjunto e determinação daquele grupo era seu diferencial. Ainda no primeiro ano de trabalho a equipe venceu a primeira competição que participou, onde até equipes de fora do estado participavam. Em seguida o primeiro título estadual embalava o time para uma série de conquistas nos anos seguintes.


Técnico
Como técnico de vôlei feminino os resultados também foram expressivos. Suas comandadas conquistaram o Tetracampeonato Estadual de Vôlei Universitário, o Tetracampeonato dos Jogos Abertos do TO, o Bicampeonato nas Olimpíadas de Palmas e ainda o Bicampeonato Estadual de Clubes.


Ainda com o voleibol feminino, Gert idealizou um projeto importante para a época. Valorizando a realização da Liga Nacional – região II que aconteceria em Palmas (2002), o então coordenador de esportes e técnico de vôlei da ULBRA não mediu esforços para montar uma equipe competitiva a partir de contratações de atletas profissionais de todo país e dando oportunidade para algumas atletas do TO. Com o apoio da universidade e patrocinadores, a equipe tornou-se campeã daquela competição (etapa regional) obtendo repercussão na mídia regional e nacional. A equipe ainda sagrou-se campeã do torneio Interestadual de Vôlei realizado em Brasília DF e ficou em posição intermediária na fase final da Liga Nacional disputada também em Brasília.
Areia
Amante do vôlei de praia, Gert obteve resultados importantes atuando como jogador nas quadras de areia. Tendo participado efetivamente de quatro Circuitos Estaduais de Vôlei de Praia, conquistou todos, sagrando-se tetracampeão estadual. Outros títulos foram alcançados como nas Olimpíadas de Palmas, Copa Stihl, Taça Clube Itapema e I Open Araguatins entre outros.


Sua atuação no esporte não ficou restrita ao voleibol. Enquanto gestor esportivo criou eventos e projetos envolvidos com outras modalidades e para a comunidade. Foram de sua autoria projetos como a Olimpíada Acadêmica, a Copa CEULP/ULBRA e a Gincana Integração, tendo esta última mobilizado centenas de pessoas em atividades recreativas e ações sociais, como a coleta de sangue e a doação de livros para escolas municipais de Palmas. Enquanto coordenador de esportes foi inaugurado também o complexo esportivo do CEULP/ULBRA que recebeu eventos e competições importantes no cenário estadual, regional, nacional e até mesmo internacional.
Programa
Criou e desenvolveu também o programa “Superação: Vencendo Desafios”, possibilitando o treinamento de profissionais de variadas áreas na gestão de pessoas, formação de lideranças, trabalho em equipe e cooperação.
Em julho de 2007 Gert deixou o TO para atuar em outra universidade privada como Coordenador do Curso de Educação Física. Em 2009 retornou ao Rio Grande do Sul, seu estado de origem, para cursar o mestrado. Pouco tempo depois foi contemplado com uma bolsa de pesquisa pela Universidade de Karlsruhe, Alemanha. Na Europa realizou novos estudos e apresentou a pesquisa que desenvolvia no mestrado. Atualmente, Gert cursa doutorado e tem envolvimento direto com o esporte, seja na equipe profissional “Vôlei Canoas” ou em projetos seus em parceria com municípios e instituições públicas e privadas, onde é responsável direto pelo treinamento de mais de 100 atletas. Procurando contribuir para a qualidade de ensino e treinamento esportivo, tem ministrado cursos nos seguintes temas e áreas: Iniciação esportiva; Voleibol; Esportes e Juventude; Esportes e Educação; Esportes e Qualidade de vida. Também realiza pesquisas e cursos sobre questões em torno do futebol no Brasil, falando sobre as expectativas de crianças e projetos de vida ligados a ascensão social por meio da bola.


Quando indagado sobre sua passagem pelo Tocantins e um possível retorno, afirma:
“Fui muito bem recebido pelo povo tocantinense e construí uma caminhada marcada pela ética, seriedade e muito comprometimento e trabalho. Os títulos que conquistei não foram resultados do meu esforço sozinho, mas de uma equipe de pessoas que como eu, passou a acreditar que o treinamento e a dedicação poderiam trazer conquistas importantes. Sou grato por estas pessoas e por tantas histórias e emoções vividas no Tocantins. Seria muito legal estar no Tocantins novamente, rever pessoas importantes, talvez para ministrar cursos ou palestras ou quem sabe para um projeto até maior. A vida nos reserva por vezes surpresas e desafios, hoje estou muito bem no sul, mas acredito que todas oportunidades profissionais devem ser analisadas com carinho.”













Nenhum comentário:

Postar um comentário