quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Treino específico marca dia de árbitros do PRAB

"TREINAMENTO É TUDO"
02/08/2017 às 22:34 | Assessoria CBF
Fotos: Créditos: CBF

Partindo da premissa que a prática leva à perfeição, os jovens árbitros e assistentes integrantes do Projeto de Renovação de Arbitragem Brasileira (PRAB) da CBF realizaram um treino intensivo na tarde desta quarta-feira (2). Divididos em grupos conforme suas respectivas categorias, os participantes repetiram as atividades em busca dessa consequência positiva.
– No treinamento específico de impedimento para os assistentes, notamos que, na primeira passada, tivemos 18% de erro. Já na segunda passada tivemos 12%. Conseguimos diminuir os erros e provamos para eles que o treinamento é tudo. Podemos ter várias coisas no futebol, mas nada vai substituir o treinamento. Isso foi provado aqui – avaliou Nilson Monção, instrutor de arbitragem e diretor-secretário da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol da CBF (ENAF-CBF).
No grupo dos árbitros, o resultado do treino também foi sentido logo de primeira. Em uma das situações de jogo propostas pelos instrutores, os alunos tiveram que apitar uma falta e encenar a atuação real do árbitro até a cobrança dela. Após os testes, Luiz Paulo Pinheiro, do Mato Grosso, destacou seu principal aprendizado do dia.
– O que mais aprendi hoje foi posicionamento. Eu sempre fico um pouco mais próximo da jogada e, então, em um lance que a bola poderia bater no jogador, talvez ela possa passar um pouco de mim. Então aprendi que, mesmo ficando um pouco mais distante, ainda assim vou conseguir ver a jogada e não vou ter esse risco. Era uma coisa que estava fazendo errado. Por isso essas instruções são maravilhosas – disse o árbitro.
Os 20 árbitros e assistentes integrantes do PRAB - III Turma foram indicados pelas Comissões de Arbitragem das seguintes federações: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pernambuco e Tocantins. O curso acontece de 1º a 10 de agosto, no Resort Oscar Inn, em Águas de Lindóia (SP).













Nenhum comentário:

Postar um comentário