sábado, 10 de setembro de 2016

Sem patrocínio, João Vieira representa o Tocantins no automobilismo europeu


João Vieira conduz o carro 97 durante corrida na Itália - Foto F4 Media/Divulgação
O piloto brasileiro João Vieira voltará a acelerar nesse fim de semana no Campeonato Italiano de Fórmula 4, que cumprirá a quinta rodada tripla em Vallelunga. Em sexto lugar na classificação geral, ainda tem chances de buscar o título, apesar de correr sem patrocínio e, consequentemente, sem ter o melhor equipamento. 
Sua dedicação tem sido reconhecida por muitos profissionais do automobilismo, uma vez que seu perfil é diferente dos garotos de sua idade que formam o grid da categoria, sempre acima de 30 pilotos. O caráter mundial do Italiano de Fórmula 4 é evidenciado pela presença de pilotos de 12 países e muitos deles aproveitaram os quase dois meses entre as rodadas quatro e cinco para visitar as famílias e aproveitar as férias de verão. No caso de João, porém, a rotina foi totalmente outra. 
O brasileiro é membro da equipe dentro e fora das pistas, pois quando não está pilotando, trabalha como assistente dos mecânicos. Isso significar trabalhar de segunda a sexta na sede da Antonelli Motorsport e, inclusive, trabalhou em Spa (Bélgica), durante a participação na equipe na prova de 24 Horas para carros GT. 
Nos dias que antecederam à viagem para Vallelunga, João participou ativamente de todo o processo de montagem de seu Tatuus FA T014 Abarth #97. Já na pista, coube a ele colocar todos os adesivos na carenagem predominantemente branca, com complemento em verde e detalhes em preto. 
Apesar de esse trabalho de João ter como objetivo minimizar os custos em função da falta de patrocínio, o piloto encara como uma oportunidade bastante positiva. “O fato de estar aqui trabalhando como todo mundo, e não apenas pilotando, tem ajudado a ampliar o meu conhecimento técnico e entender o automobilismo de forma mais abrangente”, disse o tocantinense, que reforça diariamente a máxima de transformar “limão em limonada”.
Américo Teixeira Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário