quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Erica Sena sonha com medalha em Londres

31|07|2017 - 11:13 | Assessoria de Imprensa da Confederação Brasileira de Atletismo



Erica Sena no Troféu Brasil Caixa (Wagner Carmo/CBAt)


São Paulo - A pernambucana Erica Rocha de Sena (B3 Atletismo) fez uma preparação totalmente diferente para o Campeonato Mundial de Atletismo de Londres. Competiu menos e investiu mais nos treinamentos com um único objetivo: chegar no dia 13 de agosto em forma para tentar fazer o melhor tempo de sua carreira e lutar por uma medalha na prova dos 20 km marcha atlética.

"Comecei esta temporada mais leve, sem muita pressão, com o objetivo de não chegar cansada a Londres. E o planejamento está dando todo certo", disse a marchadora, de 32 anos. O começar mais leve de Erica em 2017 inclui duas vitórias inéditas em dois Grandes Prêmios e a liderança do Circuito Mundial da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo).

Ela venceu o GP de La Coruña, na Espanha, no dia 3 de junho, quando conseguiu o seu melhor tempo do ano, com 1:29:16. Antes, no dia 19 de março, já havia conquistado o ouro do GP de Monterrey, no México, com 1:32:07. Foi ainda prata em Ciudad Juárez, também no México (1:30:49) e quarta colocada em Taicang, na China (1:31:31).

Erica está desde o dia 18 de julho em Font-Romeu, na França, treinando numa altitude de cerca de 2.000 m, onde prosseguirá até o próximo dia 9, quando viaja para Londres. O Camping faz parte de várias ações tomadas pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para proporcionar a melhor preparação aos atletas no Mundial. Neste caso, é uma parceria entre a CBAt e o Comitê Olímpico do Brasil (COB). A CBAt é a responsável pela emissão de passagens aéreas, utilizando recursos do Programa CAIXA de Campings de Treinamento, enquanto o COB, por meio da Lei Agnelo/Piva, cobre as despesas de hospedagem, alimentação e deslocamento interno na Europa.

Franca evolução - Erica conquistou em junho o sétimo título do Troféu Brasil Caixa de Atletismo, em São Bernardo do Campo (SP). E segue para Londres em 11º lugar no Ranking Olímpico da IAAF.

No último Campeonato Mundial, em Pequim 2015, ela terminou em 6º lugar. Nos Jogos do Rio 2016, completou os 20 km na 7ª colocação. Em março do mesmo ano, havia sido bronze no Mundial de Marcha de Roma, com 1:27:28, estabelecendo recordes brasileiro e sul-americano.

Nascida a 3 de maio de 1985, na cidade de Camaragibe, tem ainda a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto 2015. Erica é casada com o equatoriano André Chocho, também seu treinador e recordista sul-americano dos 50 km. Ela vive há seis anos em Cuenca, no Equador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário